Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Dilma diz que não tem preferência para 2º turno

| 03/10/2014 | 22:28

A presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, afirmou ontem (3) em evento de campanha em São José dos Campos, na região paulista do Vale do Paraíba, que está contando com o segundo turno das eleições, para o qual ela se considera “preparada”.

Dilma foi questionada por jornalistas se tem preferência por enfrentar o candidato do PSDB, Aécio Neves, ou a presidenciável do PSB, Marina Silva, no segundo turno. “Nós estamos contando com o segundo turno. Nós vamos daqui para frente lutar para apresentar nossas propostas de educação saúde, moradia, Minha Casa, Minha Vida. Estamos preparados para enfrentar o primeiro e segundo turno. Não tenho preferência”, declarou.

“Eu acredito que fizemos uma campanha forte. Eu agradeço essa militância que está aqui me recebendo. Estou aqui mais uma vez, estou muito feliz de estar aqui nessa cidade tecnológica”, completou. Pesquisa Datafolha divulgada na quinta-feira (2), aponta Dilma com 40% das intenções de voto, Marina, 24% e Aécio, 21%. De acordo com o levantamento, Dilma venceria no segundo turno enfrentando qualquer um dos dois. Numa simulação entre a petista e Marina, a candidata do PT tem 48% das intenções de voto e a do PSB, 41%. Na semana passada, Dilma tinha 49% e Marina, os mesmos 41%.
Num cenário entre Dilma de Aécio, a candidata à reeleição venceria por 48% a 41%. Na semana anterior, a diferença era de 50% a 41%.

Correios e debate – Indagada sobre as denúncias de suposto uso dos Correios para favorecer a sua candidatura, Dilma disse que as acusações partem de “quem tem medo de perder”. “Olha, é uma coisa interessante essa história que aparece sempre quando alguém corre o risco de perder a eleição, que é atribuir responsabilidade aos outros”, disse.

A presidente também foi questionada sobre a sua participação no debate da TV Globo da noite de quinta. O evento foi marcado por tensão e confrontos nas perguntas e respostas entre os três principais rivais na disputa eleitoral.
“Foi um debate com as limitações de um debate com sete pessoas, onde você tem um minuto e meio para responder e quarenta segundos para réplica ou tréplica, e momento curto para fazer confronto de propostas. Mas acho que deu para esclarecer”, declarou.Nos dois últimos dias de campanha, os candidatos à presidência Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) escolheram Minas Gerais, o segundo maior colégio eleitoral do País (10,5% do eleitorado), para pedir votos.

Dilma viu suas intenções de voto crescerem em Minas em seis dias, mantém a liderança no Estado e, agora, busca somar pontos para tentar a vitória ainda no primeiro turno. Aécio se manteve estacionado no segundo lugar e tenta crescer em sua base eleitoral para ir ao segundo turno contra a presidente petista.

Segundo pesquisa Datafolha, Aécio tem 29% das intenções de voto em Minas, ante 42% da petista. Na pesquisa anterior, o tucano tinha o mesmo percentual, enquanto Dilma cresceu seis pontos percentuais. Ela foi a única que cresceu. O PT vê potencial de crescimento de Dilma em Minas nessa reta final e por isso decidiu incluir, de última hora, duas agendas dela no Estado. Ontem, foi para Poços de Caldas e hoje fará uma caminhada no centro de Belo Horizonte. 


Link original: https://www.jj.com.br/politica/dilma-diz-que-nao-tem-preferencia-para-2o-turno/

Os comentários estão desativados.

Desenvolvido por CIJUN