Política

Douglas Medeiros acerta com o PSDB e mais no Pela Ordem


Douglas Medeiros acerta com o PSDB No penúltimo dia da janela de transferências partidárias, o vereador Douglas Medeiros, que fazia parte da bancada do PP, aceitou o convite para se filiar ao PSDB. Ele tentará a reeleição a vereador, para o seu segundo mandato consecutivo. Douglas já havia anunciado que era provável que não permaneceria no PP e seguirá apoiando a reeleição do prefeito Luiz Fernando Machado. “Tucanada azul” na Câmara de Jundiaí Durante a sessão extraordinária realizada na tarde de ontem na Câmara de Jundiaí, vereadores e funcionários usaram máscaras azuis como forma de prevenção à pandemia do novo coronavírus. Os vereadores ficaram espalhados por todo o plenário e votaram separadamente, para manter uma distância de segurança. David Uip está curado do covid-19 Homem escolhido pelo governo do estado de São Paulo para coordenar o Centro de Contingência de Coronavírus, o infectologista David Uip, voltará à função na próxima segunda-feira, depois de se curar da covid-19. Ele está afastado do trabalho desde 23 de março, quando o exame apontou positivo para a doença. O médico é considerado um dos maiores especialistas em infectologia do Brasil. Bolsonaro diz que Mandetta fica  O presidente Jair Bolsonaro disse no começo da tarde a assessores mais próximos que não vai demitir o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, com quem tem travado uma disputa pública sobre a conduta a ser adotada pelo país no enfrentamento à pandemia do coronavírus. "Não!" Essa foi a curta resposta dada ao blog por um assessor do presidente quando perguntado se ele demitiria o ministro. Barroso comenta data das eleições Próximo de assumir o Tribunal Superior Eleitoral, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse considerar prematuro o debate sobre cancelar a eleição municipal por causa da crise do coronavírus, mas admite a possibilidade de um adiamento de outubro para, no máximo, dezembro. Em nota, Barroso afirmou ser contrário a deixar a escolha de novos prefeitos e vereadores para 2022. Lewandowski nega pedido do PSOL O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou ontem (3) um pedido de autorização para que União, estados e municípios possam centralizar a administração dos leitos de UTIs – incluindo as vagas em hospitais privados. A ação, apresentada pelo PSOL, também estendia essa "gestão única" a equipamentos e materiais necessários para tratar os casos de covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Notícias relevantes: