Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Eleitor terá que votar cinco vezes neste domingo

| 04/10/2014 | 00:11

As eleições gerais deste ano, além de acirradas para os candidatos, demandarão atenção também do eleitor que deverá votar para cinco cargos públicos diferentes. Para uma boa votação, portanto, é preciso que ele esteja preparado, com documento oficial em mãos, além da famosa ‘colinha’, onde devem estar anotados os números dos escolhidos.

Além da escolha para presidente da República e vice, o eleitor deverá decidir sobre o comando do governo de seu Estado; escolher apenas um nome para o Senado e ainda votar para um nome a deputado federal e outro escolhido a estadual. Na urna eletrônica, o eleitor deverá escolher pela ordem indicada.

Em primeiro, deve inserir o número do deputado estadual, em segundo, do deputado federal, em seguida, o número para senador, depois para governador e, por último, para presidente da República. “Eu recomendo que cada eleitor, ao se dirigir à urna, leve uma colinha de papel com o número dos candidatos, afinal, são cinco votos”, orienta o juiz da 424ª zona eleitoral de Jundiaí, Luiz Antonio de Campos Júnior.

Ele explica que, nestas eleições, há necessidade de escolha de apenas um candidato a senador, já que apenas 1/3 do Senado será renovado. “Para memorizar, é complicado. Por isso, para não haver risco, a cola é importante. O eleitor pode votar no partido que for, em tese, pode votar até em 5 diferentes.” 

Caso haja erro na digitação, é possível corrigir o número, como indica o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na hora da votação, não é permitida entrada na cabina com aparelhos de celular, máquinas fotográficas e filmadoras.


Link original: https://www.jj.com.br/politica/eleitor-tera-que-votar-cinco-vezes-neste-domingo/

Os comentários estão desativados.

Desenvolvido por CIJUN