Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Eliseu recebe Alckmin na posse como presidente da FedmentalSP

SA REDAÇÃO - redacao@jj.com.br | 04/03/2018 | 06:36

No último dia 24, assumiu como presidente da Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo (FedmetalSP), o jundiaiense Eliseu Silva Costa, que agora tem a missão de comandar uma das maiores e mais atuantes entidades sindicais da América Latina. Ele, que acumula o cargo e continua à frente do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí, Várzea e Campo Limpo, foi empossado junto com a nova diretoria, em solenidade que contou com a presença do governador do Estado Geraldo Alckmin.

Foto: Reprodução/ Internet

Foto: Reprodução/ Internet

“Assumo a frente de umas da maiores e mais importantes Federações de Trabalhadores da América Latina, referência de lutas e conquistas não só para os trabalhadores como para toda a sociedade, O momento pelo qual o País atravessa é extremamente delicado e junto a diretoria empossada tenho certeza que atravessaremos mais fortes as turbulências que assolam os trabalhadores nesse momento. Estamos acostumados a desafios e esse é mais um deles.”, garantiu Eliseu, que será a mão forte da Federação na gestão 2018/2022.

Para o governador do Estado – que veio a Jundiaí especialmente para participar da posse -, a Federação está em ótimas mãos nesse momento desafiador. “Já me coloco à disposição do Eliseu e desta instituição para um grande diálogo, assumindo aqui o compromisso com o desenvolvimento do Brasil e com o trabalhadores, em busca de soluções”, disse ele, relembrando o início da carreira de Eliseu como office-boy na antiga empresa Cica.

A solenidade teve ainda presença de outras autoridades, como o prefeito de Jundiaí Luiz Fernando Machado, o deputado estadual Junior Aprillanti e o Secretário do Emprego e Relações do Trabalho do Estado de São Paulo, José Luiz Ribeiro, que também faz parte da nova diretoria executiva da FedmetalSP. Hoje a Federação tem 53 sindicatos de metalúrgicos filiados que representam cerca de 700 mil trabalhadores no Estado. Eliseu tem o desafio de substituir Cláudio Magrão, que atuou como presidente por 20 anos e agora passa a ser o Secretário Geral. “Substituí-lo é algo difícil, por isso vamos precisar da sua sabedoria e do seu conhecimento”, garantiu Eliseu.


Link original: https://www.jj.com.br/politica/eliseu-recebe-alckmin-na-posse-como-presidente-da-fedmentalsp/
Desenvolvido por CIJUN