Política

Em meio a crise de água, Alckmin anuncia projetos para a Região


2014-09-22_21-35-28_1
Crédito: Reprodução/Internet

O governador de São Paulo e candidato a reeleição, Geraldo Alckmin (PSDB), esteve nesta segunda-feira (22) na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Várzea Paulista e anunciou investimentos na área de saneamento básico na Região.

Os recursos virão para tratamento de esgoto em Várzea Paulista e Campo Limpo Paulista, garantindo a despoluição do Rio Jundiaí. Após a conclusão, as cidades poderão captar água do rio. Alckmin, que estava acompanhado pelo secretário de Recursos Hídricos de São Paulo, Mauro Arce e do prefeito de Várzea Paulista, Juvenal Rossi (PV), ficou satisfeito em saber que a classificação do Rio Jundiaí, que era considerado 3 passou para 2, o que significa melhora na oxigenação do rio e boa condição para consumo humano.

Aproveitou também para anunciar que até março do próximo ano as cidades do interior do Estado que são operadas pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) terão 100% de água e esgoto tratados, incluindo Várzea Paulista e Campo Limpo Paulista. Pelo menos R$ 651 mil foram investidos na execução da obra de implantação da nova captação de água bruta no rio Jundiaí. Com data prevista para começar em outubro, o sistema deverá captar 50 litros/por segundo para complementar o abastecimento do município quando há baixa nos mananciais. 

Mais informações na edição impressa do Jornal de Jundiaí desta terça-feira (23)


Notícias relevantes: