Política

Estilo Bolsonaro muda o mapa de poder de Brasília


Saem os hotéis de luxo e entra a vida ‘normal’ do presidente Jair Bolsonaro
Crédito: Reprodução/Internet
A chegada de Jair Bolsonaro ao governo muda o mapa do poder de Brasília. Saem restaurantes sofisticados, charutos importados e academia à beira do Lago Paranoá frequentados pelo alto escalão do governo Michel Temer. Entram locais de comida nordestina a quilo, self-services em bairro de classe média e espaço fitness de baixo custo, ambientes preferidos pelo entorno do presidente eleito. Nos últimos dois anos e meio, para encontrar deputados, senadores e ministros influentes, bastava ir a restaurantes de alto padrão tradicionais da capital federal, como Lakes ou Piantella. Uma mesa na varanda do refinado Tejo, de cozinha portuguesa, é diariamente reservada ao ministro Moreira Franco (Minas e Energia). dA partir do dia 1º, a vida civil dos políticos terá outros ares. Nas últimas semanas, os filhos de Bolsonaro estiveram em restaurantes como o Mangai, uma rede de culinária nordestina a quilo. Garçons viram os filhos do eleito e notaram o frisson de alguns clientes pedindo permissão para selfies. Mesmo com a notoriedade, a casa não chegou a oferecer aos clientes ilustres tratamento VIP, mantendo-os misturados aos demais no salão com capacidade para 1.100 pessoas. No Mangai, o buffet com comidas típicas do Nordeste sai por R$ 73,90 o quilo durante a semana. Há um cardápio à la carte, cujo prato mais caro é uma moqueca de camarão e peixe, a R$ 156, que serve até três pessoas. Na última quinta-feira (27), quem esteve no restaurante foi o vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão. O funcionário que o recepcionou tampouco ofereceu regalias pelo cargo que passará a ocupar a partir do dia 1º. O vice eleito gosta de consumir bebida alcoólica na hora do almoço, de preferência uísque. O futuro ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, escolheu, nas poucas ocasiões em que foi a lugares públicos desde a eleição, o Coco Bambu do Lago Sul, parte da rede de restaurantes de frutos do mar com salões enormes e atendimento expresso. No andar de baixo do Coco Bambu fica a BodyTech, academia cuja mensalidade sai por até R$ 800. É esta a preferida por ministros de Temer. Já o deputado federal reeleito Eduardo Bolsonaro, 34, surfista nas horas vagas, frequentou, de junho a agosto, uma academia de baixo custo. Em uma unidade mais antiga da Smart Fit na Asa Norte, o filho do presidente eleito treinou dez vezes, a última delas em 7 de agosto, embora o plano fosse válido até setembro. [caption id="attachment_46742" align="aligncenter" width="1280"]Saem os hotéis de luxo e entra a vida ‘normal’ do presidente Jair Bolsonaro Saem os hotéis de luxo e entra a vida ‘normal’ do presidente Jair Bolsonaro (Divulgação)[/caption]    

Notícias relevantes: