Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Ex-jogador de futebol George Weah é eleito presidente da Libéria

Da Folhapress . redacao@jj.com.br | 29/12/2017 | 12:10

[vc_row][vc_column][vc_column_text]O ex-jogador de futebol George Weah, 51, foi eleito presidente da Libéria, derrotando o vice-presidente Joseph Boakai, que é do mesmo partido da atual presidente Ellen Johnson Sirleaf.

Weah obteve 61,5% dos votos, segundo informou a comissão eleitoral com 98,1% das urnas apuradas. O craque deve tomar posse no próximo mês.
Trata-se da primeira transferência democrática de poder desde 1944, apesar de acusações de fraude, em um país marcado pela pobreza, onde a maior parte dos cidadãos não possui energia elétrica confiável ou água potável.

O segundo turno das eleições, realizado na terça-feira (26), no qual votaram cerca de 2,2 milhões de pessoas, foi adiado em mais de um mês após Boakai e outro candidato alegarem ampla fraude na votação do primeiro turno em outubro, em um recurso que a Suprema Corte rejeitou neste mês.

O regime de 12 anos da vencedora do prêmio Nobel da Paz Johnson Sirleaf cimentou a paz no país do oeste da África, após a guerra civil acabar em 2003.
Mas críticos, incluindo grande parte da juventude do país, dizem que o governo de Sirleaf foi marcado por corrupção e que ela fez pouco para tirar a maior parte dos liberianos da extrema pobreza.

A Libéria também foi atingida por uma crise do Ebola, que matou milhares entre 2014 e 2016, enquanto uma queda nos preços do minério de ferro desde 2014 prejudicou as receitas de exportação.

Weah, que foi eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa em 1995, mesmo ano em que ganhou a Bola de Ouro da revista “France Football”, foi o mais votado no primeiro turno, com 38% dos votos, contra 29% de Boakai. Ele já tinha se candidatado a presidente em 2005, quando perdeu para Sirleaf, e a vice-presidente na chapa de Winston Tubman, em 2011, eleição também vencida por Sirleaf. Em 2014, o ex-jogador foi eleito senador.

O liberiano Weah fez carreira em clubes da Europa nos anos 1990, tendo jogado no Paris Saint-Germain, Milan e Manchester City, entre outros. Ele se aposentou do futebol em 2003, aos 37 anos.

A Libéria é a república moderna mais antiga da África; o país foi fundado por ex-escravos fugidos dos EUA em 1847. Sua última transição democrática foi em 1944; em 1980, houve um golpe militar no país e depois uma guerra civil que durou 14 anos, terminando só em 2003.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]


Link original: https://www.jj.com.br/politica/ex-jogador-de-futebol-george-weah-e-eleito-presidente-da-liberia/
Desenvolvido por CIJUN