Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Extensão do auxílio emergencial e mais no Pela Ordem

Angelo Augusto Santi | 05/06/2020 | 07:00

Extensão do auxílio emergencial 

Com o prolongamento da crise causada pela pandemia do coronavírus, o governo bateu o martelo e irá propor ao Congresso um valor adicional de R$ 600 por pessoa que já tem direito ao auxílio emergencial. A preferência do presidente Jair Bolsonaro é que o valor seja dividido em duas parcelas de R$ 300. O auxílio foi criado em abril, com previsão original de ser pago em três parcelas de R$ 600, até junho.

Máscaras em todo o país

O plenário do Senado aprovou ontem (4) um projeto de lei que torna obrigatório o uso de máscaras de proteção individual em locais públicos em todo o Brasil enquanto durar o combate à pandemia do novo coronavírus. A medida tem como objetivo evitar a propagação do vírus que causa a covid-19. Ele foi aprovado por unanimidade.

Aprovada a MP de sorteios de TV

A Câmara dos Deputados concluiu na tarde de ontem (4) a votação da Medida Provisória (MP) apresentada pelo presidente Jair Bolsonaro que autoriza a recriação de sorteio e concursos na TV. A medida beneficia emissoras aliadas do governo e ainda precisa ser analisada pelo Senado. O texto-base do projeto já tinha sido aprovado na noite de quarta. Ontem, os deputados analisaram as dez modificações sugeridas ao texto.

Guilherme Boulos registra ameaças

O ativista Guilherme Boulos (PSOL-SP) diz que recebeu ameaças após se engajar na convocação de um ato que se define como antifascista, antirracista e em defesa da democracia previsto para domingo (7). “Guilherme Boulos mora numa casa no bairro do Campo Limpo, no sul de São Paulo. Domingo vamos atirar em todo o bairro até acertar ele”, diz mensagem compartilhada nas redes sociais.

PSB pede que filiados não protestem

O PSB decidiu solicitar aos seus afiliados e apoiadores que não participem das manifestações marcadas para domingo (7) em diversas cidades pelo país. Em nota assinada pelo seu presidente, Carlos Siqueira, e intitulada “Ainda não é hora de tomar as ruas”, o partido diz que sua decisão é pelo temor de que o presidente Jair Bolsonaro aproveite as manifestações para ter uma reação radical e antidemocrática.

Weintraub presta depoimento 

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, prestou depoimento por escrito ontem (4) à Polícia Federal. Cerca de meia hora antes do horário marcado para sua oitiva ele apresentou um novo recurso ao STF (Supremo Tribunal Federal). Não houve tempo para análise, e Weintraub foi presencialmente à sede da corporação, em Brasília. O auxiliar do presidente Jair Bolsonaro é alvo de um inquérito que apura eventual racismo.


Link original: https://www.jj.com.br/politica/extensao-do-auxilio-emergencial-e-mais-no-pela-ordem/
Desenvolvido por CIJUN