Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Fabrício Queiroz é autorizado a deixar a prisão

Da Redação | 09/07/2020 | 16:53

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio Noronha, autorizou o policial aposentado Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), a ficar em prisão domiciliar. Segundo uma fonte do STJ, a decisão contém “restrições” ao amigo da família Bolsonaro suspeito de operar um esquema de lavagem de dinheiro a partir de “rachadinha” na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Uma das restrições é utilizar tornozeleira eletrônica. Além disso, ele terá de indicar o endereço onde cumprirá prisão domiciliar e informará a Polícia, que vai verificar se o local permite contato com pessoas de fora ou até com o exterior. As linhas telefônicas fixas deverão ser desligadas e Queiroz deverá entregar todos os aparelhos celulares e computadores, ficando impossibilitado de realizar qualquer tipo de comunicação.

A saúde de Fabrício Queiroz, em meio á pendemia da covid-19, foi considerado o principal motivo para a decisão da prisão domiciliar.

Mais informações a qualquer momento.


Leia mais sobre | | | |
Link original: https://www.jj.com.br/politica/fabricio-queiroz-deixa-a-prisao/
Desenvolvido por CIJUN