Política

Falta de água no Vetor Oeste e mais no Pela Ordem


Falta de água no Vetor Oeste  Na sessão que aconteceu ontem na Câmara de Jundiaí, o vereador Edicarlos Vieira (PP) fez um pronunciamento sobre a falta de água que tem incomodado os moradores do Vetor Oeste da cidade, nos bairros Residencial Jundiaí, Tulipas, Fazenda Grande, Eloy Chaves etc. O parlamentar cobrou ainda a construção de um reservatório para atender as necessidades da região, que é uma das que mais cresce em Jundiaí. Prefeito fala sobre a pandemia O prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado, e outros três chefes do Executivo de cidades paulistas participaram ontem (15) de uma transmissão pela internet feita no site Rádio Jovem Pan. A conversa durou cerca de uma hora e teve como tema os desafios dos políticos no combate ao novo coronavírus (covid-19) em suas cidades. Programa para empreendedores “Temos na cidade 70% de nossas empresas funcionando com regularidade. Precisamos reduzir os efeitos do problema e, para isso, vamos apresentar nos próximos dias um programa de incentivo ao pequeno empreendedor. Será um plano estratégico em favor daqueles que empreendem. Temos que avançar no discurso municipalista”, completou o chefe do Executivo de Jundiaí”, afirmou Luiz Fernando. Ala procura “nome técnico” para saúde  A ala moderada do governo, integrada por ministros militares e civis, trabalha para que, se confirmada a demissão de Mandetta, o substituto seja um nome técnico. Na avaliação de integrantes dessa ala, Mandetta ficou em situação insustentável na Esplanada dos Ministérios depois de ter cobrado do presidente Jair Bolsonaro, em entrevista, uma unificação no discurso do governo. Proibição do aumento de juros  A Justiça Federal do Distrito Federal concedeu uma liminar na quarta-feira (15) proibindo as instituições do Sistema Financeiro Nacional de tomarem medidas para aumentar a taxa de juros ou intensificar as exigências para a concessão de crédito. A decisão do juiz Renato Borelli, da 9ª Vara Federal Cível, atendeu a um pedido feito pelo presidente do PDT, Carlos Lupi, e teve motivação em ações populares. Senado confirma cassação de Selma A Mesa Diretora do Senado Federal confirmou nesta quarta-feira (15) a cassação do mandato da senadora juíza Selma Arruda (Podemos-MT). O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já havia cassado o mandato da parlamentar em dezembro do ano passado por abuso de poder econômico e caixa 2 nas eleições de 2018. Em nota (leia íntegra abaixo), a juiza aposentada disse ter recebido a notícia com "respeito e tranquilidade". [caption id="attachment_39461" align="aligncenter" width="800"] Foto: Rui Carlos[/caption]

Notícias relevantes: