Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Faouaz faz apelo à Polícia Federal; Confira outros destaques no Pela Ordem

ANGELO AUGUSTO | 20/08/2019 | 08:15

Miguel assume como deputado: Com a licença de quatro meses solicitada pelo deputado federal Guilherme Mussi (PP-SP) por motivos particulares, Miguel Haddad (PSDB) assumirá até o fim do ano a cadeira na Câmara dos Deputados. O deputado quer retomar projetos e tentar obter emendas em prol das instituições jundiaienses. Com 86 mil votos na última eleição, Miguel ficou como primeiro suplente da sua coligação (PSDB-PSD-DEM-PP). (A.G.)

Regulamentação dos vigilantes: O vereador Antônio Carlos Albino (PSB) promoverá uma moção de apoio ao projeto de lei do deputado federal Fabio Reis, que regulamenta a atividade do serviço comunitário de rua com o uso de motocicleta. O principal objetivo da lei é aumentar a segurança dos vigilantes, que têm seu trabalho dificultado pela falta de regulamentação.

Greve de servidores do Sindae: Em estado de greve desde o dia 8 de agosto, o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Purificação de Água e Serviços de Esgotos de Jundiaí (Sindae) promoverá uma paralisação de seus servidores na manhã de hoje (20). O principal o objetivo é conseguir marcar uma reunião com o prefeito Luiz Fernando para tratar do assunto do reajuste salarial para a categoria. Uma nova assembleia será realizada amanhã (21).

Lei de abuso de autoridade: O ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro sugeriu na última segunda-feira (19), ao presidente Jair Bolsonaro o veto a nove dos onze pontos da Lei do Abuso. Os dois se reuniram no Palácio do Planalto logo cedo e, antes mesmo da votação na Câmara na quarta, 14, o Ministério da Justiça e Segurança Pública emitiu parecer contrário à aprovação do PL 7.596/2017, analisando os onze artigos do texto.

Faouaz faz apelo à Polícia Federal: Uma moção de autoria do presidente da Câmara Municipal, Faouaz Taha (PSDB), em apelo à Polícia Federal pela reabertura de Posto de Emissão de Passaportes (PEP) na cidade também entrará em votação na sessão desta terça-feira. O posto de Jundiaí foi desativado em julho de 2018 por suposta falta de interesse em participar do processo licitatório de 2016.“Seria muito importante que a medida fosse revista”, diz.

Dodge alerta sobre lei de abuso: A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, afirmou nesta segunda-feira (19) que o projeto de lei de abuso de autoridade pode se tornar uma violação sobre o que deseja “reprimir” e que as instituições já possuem mecanismos eficientes de controle. “É preciso considerar se essa lei (…) tem a dose certa de normatividade ou se, ao errar na dose, faz como um remédio que se torna um veneno e mata o paciente.”


Leia mais sobre
Link original: https://www.jj.com.br/politica/faouaz-faz-apelo-a-policia-federal-confira-outros-destaques-no-pela-ordem/
Desenvolvido por CIJUN