Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Jovens se preparam para a vida política desde cedo em Jundiaí

Angelo Augusto | 01/12/2019 | 07:30

Visando uma renovação na política municipal, mas sem perder a essência de sua ideologia, os diretórios municipais dos partidos políticos de Jundiaí têm valorizado cada vez mais seus jovens filiados, principalmente aqueles que pretendem passar por uma preparação visando entrar na vida política via eleições.

As siglas mais tradicionais, como PT e PSDB, contam com uma grande quantidade de membros jovens, e os que mais se destacarem até o período eleitoral do ano que vem já deverão concorrer a cargos na vereância.

O presidente da ala jovem do PSDB-Jundiaí, Renan Cazzolatto, de 26 anos, conta um pouco do trabalho que é feito para que os jovens se interessem pela política do município. “Existem projetos, como campanhas de filiação, Escola de Política e cursos preparatórios para pré-candidatos, além de encontros e cafés de discussão sobre políticas públicas junto a grupos de jovens, estudantes e o clube dos  surdos de Jundiaí. Temos uma comissão de 10 jovens ativos, que se reúne mensalmente para discutir sobre ideias e projetos, e essas etapas servem como um ‘caça-talentos’ de candidatos”, comenta.

Dalmir Ferreira da Silva Junior, de 23 anos, é o atual presidente da juventude do PDT-Jundiaí e conta que a sigla dá total apoio à juventude. “Como estamos a menos de um ano das eleições, buscamos trabalhar em conjunto com os outros movimentos internos do partido, como o PDT Diversidade e o Sindical. Somos atualmente 23 jovens, e grande parte deles chegou após a campanha presidencial do Ciro Gomes (PSB), que ficou em segundo em Jundiaí. A ideia é elevar este número no próximo ano”, diz.

O presidente do PSD-Jundiaí, Edicarlos Vieira, acredita que o maior contingente de jovens nas eleições 2020 virá do PSD. “Temos cerca de 60 jovens filiados ao partido. Acredito que alguns deles já estarão prontos para concorrer à vereância no ano que vem, incluindo algumas mulheres que têm se destacado na ala jovem. Eu vim de movimentos de juventude partidária e acredito que esse é o caminho para se fazer uma nova política, pensando no que é melhor para a cidade e saindo dessa polarização ideológica”, comenta.

Ederson Felipe, presidente do PT-Jundiaí, diz que o partido conta com uma vasta juventude que, entre outras coisas, está bastante focada na situação das universidades públicas brasileiras. “Nossos jovens estão sempre por dentro do que acontece nas nossas universidades. Além disso, também é realizado um trabalho de preparação para as eleições: temos duas meninas que têm se destacado e podem concorrer ao Legislativo já em 2020. Outro exemplo é a nossa vice-presidente municipal, Mariana Janeiro, que tem apenas 28 anos”, aponta.


Link original: https://www.jj.com.br/politica/jovens-se-preparam-para-a-vida-politica-desde-cedo-em-jundiai/
Desenvolvido por CIJUN