Política

Jundiaí não está em quarentena e mais no Pela Ordem


Jundiaí não está em quarentena A Prefeitura de Jundiaí informou através de nota que a cidade encontra-se em Estado de Emergência, segundo decreto divulgado ontem (20), mas não em situação de quarentena. “Novas ações serão tomadas conforme os desdobramentos da pandemia do coronavírus, sempre tendo como objetivo impedir a sua disseminação.” A determinação para fechamento dos estabelecimentos comerciais teve início na sexta-feira (20). R$ 8 bi para combate ao coronavírus O presidente Jair Bolsonaro afirmou na sexta-feira (20) que o Poder Legislativo aceitou antecipar a liberação de R$ 8 bilhões em emendas individuais e de bancada para o Ministério da Saúde. "Em comum acordo, os parlamentares abriram mão de R$ 8 bilhões de emendas individuais e de bancadas”, afirmou Bolsonaro. Possível adiamento das eleições A crise provocada pelo coronavírus e a incerteza sobre a extensão e a duração da pandemia levaram congressistas a iniciar um movimento em defesa do adiamento das eleições municipais previstas para outubro de 2020. Na terça-feira (17), alguns dirigentes partidários, entre eles o presidente nacional do Solidariedade, Paulinho da Força (SP), debateram a necessidade de achar uma saída jurídica para se estender até o início das campanhas. “Panelaço não me preocupa” O presidente Jair Bolsonaro disse ontem (20) que não está preocupado com os panelaços promovidos contra ele nos últimos dias em diferentes regiões do país. "Eu não estou preocupado com o panelaço. Eu estou preocupado com o vírus, com a saúde, com o emprego do povo brasileiro. Se alguém marcar um panelaço contra a Globo, vocês vão ver que vai ser ensurdecedor nas cidades", afirmou. Governo restringe estrangeiros  O governo federal restringiu a entrada de estrangeiros no Brasil por voos internacionais para prevenir maior disseminação do novo coronavírus no país. A medida tem prazo de 30 dias e começa a valer em 23 de março. Serão impedidos de entrar no Brasil passageiros estrangeiros vindos da China, de países-membros da União Europeia e outros. A medida atende uma recomendação da Anvisa. EUA e MÉxico fecham fronteira  O presidente norte-americano, Donald Trump, disse que Estados Unidos e México restringirão viagens não essenciais através de sua fronteira compartilhada para limitar a propagação do novo coronavírus. Trump também anunciou que invocará um estatuto voltado para a saúde para impedir que migrantes entrem nos Estados Unidos ilegalmente, dizendo que a imigração ilegal "ameaça criar uma tempestade perfeita".

Notícias relevantes: