Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Justiça estimula eleitor a votar

| 04/10/2014 | 00:00

Diante dos discursos ‘antipolíticos’ que boa parte da população tem gostado de adotar, há uma preocupação e expectativa sobre a participação dos eleitores nessas eleições. Jundiaí, conforme já noticiou o JJ Regional, não tem histórico expressivo ou alarmante de votos nulos e brancos, mas segue a média nacional de interesse.

Em 2010, últimas eleições gerais, dos 269.964 eleitores de Jundiaí naquele ano, 238.823 foram às urnas. O índice de abstenção foi de 11,54%. Votos brancos e nulos somaram 14.82% do total. Juntos, os percentuais chegam a pouco mais de 20% como foi registrado nas intenções do País naquele ano.

Juiz da 424ª zona eleitoral de Jundiaí, Luiz Antonio de Campos Júnior pede a participação dos eleitores, já que hoje tanto os votos nulos e brancos não possuem diferença e não são contabilizados como válidos. “Se a pessoa se desloca até o local de votação não deve jogar fora o direito de votar, de acordo com a sua consciência política. É importante que se exerça a cidadania, independentemente do partido ou escola dos eleitores”, frisa.


Link original: https://www.jj.com.br/politica/justica-estimula-eleitor-a-votar/
Desenvolvido por CIJUN