Política

Metas fiscais da Prefeitura e mais no Pela Ordem


Metas fiscais da prefeitura Em cumprimento à Lei de Responsabilidade Fiscal, a Unidade de Gestão de Governo e Finanças (UGGF) apresentou na manhã da última segunda (30), em audiência pública na Câmara Municipal, as Metas Fiscais do município, referente ao segundo quadrimestre de 2019. A apresentação foi realizada pelo diretor do Departamento de Contabilidade da UGGF, Márcio Santiago, que mostrou diversos indicadores. Prevenção e combate à cegueira Será votado na sessão ordinária de hoje (1) na Câmara de Jundiaí, o projeto de lei, de autoria do vereador Adriano dos Santos (PL) que inclui no Calendário Municipal de Eventos o Mês de Prevenção e Combate às Diversas Espécies de Cegueira – “Abril Marrom”, para acompanhamento médico especializado para esses casos. Reunião pública na Câmara de Jundiaí A Câmara de Jundiaí, por meio da Comissão de Saúde, realizará uma Reunião Pública no próximo dia 11, PAs 18h, com a participação do gestor de Promoção da Saúde da Prefeitura, Tiago Texera, e da diretoria da Unidade para esclarecer as dúvidas e ouvir as sugestões da população. A situação do Hospital São Vicente de Paulo, a previsão de contratações para e as Unidades Básicas de Saúde serão alguns dos assuntos tratados. Aras nomeia 15 novos chefes no MP O procurador-geral da República, Augusto Aras, nomeou 15 novos chefes que assumirão a partir de hoje (1º) as procuradorias regionais e estaduais da República. Outros 17 chefes das 32 unidades foram reconduzidos ao cargo, que tem mandato com duração de dois anos e termina nesta segunda-feira (30). Segundo a assessoria, a escolha dos nomes foi feita por meio de eleição com os procuradores de cada unidade. Recurso de Dirceu é negado O ex-ministro José Dirceu deverá começar a pagar R$ 4,5 milhões referente a custas processuais, multa penal e reparação de danos após sua defesa ter recurso negado pela 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4). Ele é réu na Operação Lava Jato e teve a condenação pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro confirmada pela corte neste ano. A tentativa era de adiar a condenação. Eleições à prefeitura de São Paulo A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), líder do governo Bolsonaro no Congresso, disse que será candidata à Prefeitura de São Paulo e não descarta mudar de partido para que isso se concretize. "Serei candidata de qualquer forma. Meu desejo é que seja pelo PSL. Se não for possível, tenho que buscar outro partido", afirmou. O PSL em SP estuda fazer uma eleição prévia para barrar a pré-candidatura de Joice.

Notícias relevantes: