Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Miguel e Luiz Fernando são eleitos com maioria dos votos

| 06/10/2014 | 01:16

O ex-prefeito de Jundiaí, Miguel Haddad (PSDB), e o deputado federal, Luiz Fernando Machado (PSDB), foram eleitos, no domingo, para vagas na Câmara dos Deputados, em Brasília, e na Assembleia Legislativa de São Paulo, respectivamente. Os tucanos alcançaram a maioria dos votos para deputado na Região, entre os candidatos de Jundiaí – mais de 20 disputaram as eleições.

Com mais de 200 mil votos juntos na Região, a dobrada sinaliza, ao partido, força e recuperação após perda nas eleições municipais de 2012. Conforme o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Miguel foi eleito com 168.278 votos. Destes, 129.723 vieram do Aglomerado Urbano de Jundiaí (AUJ). Só da cidade que administrou, o tucano recebeu 91.673 votos. A segunda cidade da Região que mais votou em Miguel foi Várzea Paulista, com 13,4 mil.

Luiz Fernando foi eleito com 148.614 votos. No AUJ, 113.213 eleitores votaram no tucano. Só em Jundiaí, ele teve 82.674 votos. Somados os votos da cidade para cada um, Miguel e Luiz conseguiram mais de 174 mil, número que alcança mais da metade do eleitorado jundiaiense (275,8 mil votantes).

Entre bandeiras erguidas, buzinas e jingles reutilizados por carros de som, Miguel e Luiz Fernando comemoraram a vitória no comitê do partido, domingo à noite. A Casa da Campanha, como é chamado o ponto, na rua do Rosário (Centro), foi tomada por filiados e cabos eleitorais do partido. Miguel a Luiz chegaram quase juntos, mas acompanharam toda a apuração em casa com a família.

“Foi uma campanha silenciosa. Não colocamos cavaletes. Predominaram o corpo a corpo e muitas reuniões. Essa é uma ótima resposta da população sempre generosa”, disse Miguel que reconheceu a boa votação no AUJ. “Tivemos mais votos do que imaginávamos.” Embora evite adiantar intenções às eleições municipais de 2016, o ex-prefeito acredita que este resultado é um sinal.


Link original: https://www.jj.com.br/politica/miguel-e-luiz-fernando-sao-eleitos-com-maioria-dos-votos/
Desenvolvido por CIJUN