Política

Miguel Haddad comenta situação da pandemia e mais no Pela Ordem


Miguel Haddad comenta situação da pandemia "A experiência demonstra que os países que adotaram o confinamento de sua população tiveram êxito no controle da pandemia. Essa é a orientação da OMS e dos profissionais de saúde do mundo todo. A economia, como apontada pelo presidente, deve estar entre nossas prioridades. Mas, neste momento, o isolamento deve ser cumprido”, afirmou o deputado federal Miguel Haddad (PSDB). Mandetta diz que fica no cargo  O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse ontem (25) que permanece no cargo e defendeu o posicionamento do presidente. “Eu saio daqui na hora que acharem que eu não devo trabalhar, que o presidente achar, porque foi ele que me nomeou. Tenho certeza que esse comitê vai achar boas soluções para a economia." R$ 3 mi para a saúde em Campo Limpo Estará em votação na Câmara de Campo Limpo Paulista hoje (26) um projeto de lei do Executivo que irá proporcionar o remanejamento de algumas verbas em razão do combate ao coronavírus. Além disso, verbas federais, estaduais e do tesouro municipal - que já obtinham liberação através de licitação - serão usadas para aluguel de respiradores, compra de máscaras e álcool gel. O valor total gira em torno de R$ 3 milhões. “Bolsonaro está certíssimo” Secretária de Cultura desde o início do mês, a atriz Regina Duarte publicou, na manhã de ontem (25), uma postagem no Instagram em que endossa o pronunciamento televisivo realizado pelo presidente Jair Bolsonaro na noite da terça (24). "Para quem não entendeu a visão de Bolsonaro, ele está certíssimo", diz a imagem. "Nós não podemos extrapolar a dose, porque com desemprego a catástrofe está muito maior." “Posição do governo é uma só”  O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou na quarta-feira (25) que a posição do governo "é uma só": o isolamento e o distanciamento social. Para Mourão, "pode ser" que Bolsonaro "tenha se expressado de uma forma que não foi a melhor". O vice-presidente da República declarou ainda que Bolsonaro está, "por enquanto", dentro da política sugerida pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Witzel mantem isolamento no RJ  O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, disse que o isolamento da população está mantido no estado. A declaração foi feita em coletiva no Palácio Guanabara, sede do executivo, após a reunião por meio digital com o presidente Jair Bolsonaro, que estava em Brasília, e com governadores da região Sudeste. Ele pediu que no momento as pessoas fiquem em casa e continuem seguindo as medidas restritivas de circulação.

Notícias relevantes: