Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Mourão defende reforma em evento com empresários

AGÊNCIA BRASIL | 10/05/2019 | 08:30

Após encontro com empresários ontem (9), em Belo Horizonte, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse que o governo está tomando medidas para que o Brasil retorne ao caminho do crescimento sustentável. Mourão citou a nova Previdência afirmando que esse é um tema de grande responsabilidade para o futuro.

“Quero colocar que a questão da nova previdência é uma grande responsabilidade de nós mais velhos para que a juventude do Brasil efetivamente tenha um futuro. Caso contrário, estaremos fugindo das nossas responsabilidades e deixando os jovens tendo que trabalhar até o último dia que tiverem nessa terra, e não é isso que desejamos”, disse em entrevista a jornalistas após participar, em Belo Horizonte, de um encontro empresarial da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg).

Sobre economia, Mourão afirmou que é preciso concentrar esforços para uma retomada duradoura do crescimento e da geração de emprego. “Temos por dever e por obrigação envidar todos os esforços para que consigamos reverter essa espiral descendente que tem sido vivida, retornando a um caminho de crescimento e um crescimento sustentável e não aquele do voo da galinha. E, principalmente, para que se reverta esse quadro de desemprego que afeta a maioria do povo brasileiros e, principalmente, os jovens”.

Questionado sobre os desentendimentos com o escritor Olavo de Carvalho, Mourão respondeu que essa questão é “página virada”. “Essa questão do Olavo, o presidente (Jair Bolsonaro) já colocou muito claro, é página virada. Todas as questões que coloquei aqui para vocês são muito mais importantes do que essa discussão paroquial, vamos dizer assim.”

A reforma da Previdência está baseada no combate à desigualdade e na redução de privilégios, disse também o ministro da Economia, Paulo Guedes, na última quarta-feira (8). Acompanhado de secretários, ele participou da primeira audiência pública da comissão especial da Câmara dos Deputados para discutir a proposta de emenda à Constituição.

Segundo Guedes, o sistema atual, além de estar fadado ao fracasso por causa do envelhecimento da população, transfere renda dos mais pobres para os mais ricos. Ele disse que cabe ao Congresso tornar o sistema de aposentadorias e pensões mais republicano. “O Congresso deve se encaminhar em direção a um sistema mais igualitário. Um sistema onde todos se aposentam com as mesmas possibilidades. Ninguém ganha menos que um salário mínimo, agora ninguém ganha mais que o teto. Seja um político, uma dona de casa, uma empregada doméstica, todos convergirão para uma Previdência republicana”, declarou o ministro.

T_Mourão


Link original: https://www.jj.com.br/politica/mourao-defende-reforma-em-evento-com-empresarios/
Desenvolvido por CIJUN