Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

MPF tentar barrar Eduardo Bolsonaro; Confira outros destaques no Pela Ordem

DA REDAÇÃO | 13/08/2019 | 08:15

Demais projetos de lei em votação: Também serão votados outros projetos de lei, como a inclusão no Calendário Municipal de Eventos do “Dia de combate à Discriminação Racial”, do vereador Paulo Sérgio Martins (PPS) que, caso aprovado, será celebrado no dia 21 de março. E a instituição de Normas de Defesa e Bem-Estar Animal, incluindo os animais domésticos, de autoria dos vereadores Antônio Carlos Albino (PSB) e Romildo Antônio da Silva (PL).

Questionamentos na Tribuna livre: O radialista Itamar Gonçalves fará o uso do palavra durante a sessão de hoje. Ele irá questionar o vereador Wagner Ligabó (PPS) sobre a transparência de seus contratos e doações, além de demonstrar insatisfação com a Câmara Municipal de modo geral. “O prefeito está com carta branca para fazer o que quiser” completa.

Violência contra as mulheres: Considerando o aumento de casos de violência contra a mulher, inclusive no município de Jundiaí, e a necessidade de cumprimento da “Lei Maria da Penha”, o vereador Antônio Carlos Albino (PSB) apresentou uma moção de apelo ao Tribunal de Justiça para a implantação de uma vara especial de crimes contra a mulher na cidade. A votação será realizada na sessão ordinária de hoje (13) na Câmara Municipal.

Bolsonaro se reúne com 1º da lista: Prestes a anunciar o nome do próximo procurador-geral da República, Jair Bolsonaro tem um encontro agendado nesta terça-feira (13) com o primeiro colocado da lista tríplice da ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República), Mário Bonsaglia.
Segundo integrantes do Planalto, a reunião foi confirmada nesta segunda (12) e está prevista na agenda do presidente, ainda sem confirmação oficial.

MPF tentar barrar Eduardo Bolsonaro: O Ministério Público Federal em Brasília entrou ontem (12) com uma ação civil pública na Justiça Federal, com pedido de liminar, para barrar a indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, ao cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos. A ação defende que o governo brasileiro observe critérios para a escolha de embaixadores de fora da carreira diplomática.

Janaína Paschoal pede transparência: A deputada estadual Janaína Paschoal (PSL) pediu ontem, em seu Twitter, “transparência”, após o anúncio de que o PT irá entrar com ações contra o que chamou de falsa acusação da “Polícia Federal de Sérgio Moro”, sobre ligações e diálogos com uma facção criminosa paulista. “Pela gravidade da situação, o povo tem direito a saber o que tem lá. O PT deveria ser o primeiro a solicitar a retirada do sigilo”, comentou.


Leia mais sobre
Link original: https://www.jj.com.br/politica/mpf-tentar-barrar-eduardo-bolsonaro-confira-outros-destaques-no-pela-ordem/
Desenvolvido por CIJUN