Política

'Não existe essa ideia de demissão do ministro Mandetta', diz ministro da Casa Civil

O ministro da Casa Civil, Walter Souza Braga Netto, afirmou nesta segunda-feira (30) que "está fora de cogitação" e que "não existe essa ideia" de demissão do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Braga Netto deu a declaração durante entrevista coletiva no Palácio do Planalto, ao lado de Mandetta e dos ministros Tarcísio Gomes (Infraestrutura), Onyx Lorenzoni (Cidadania) e André Mendonça (Advocacia Geral da União). O presidente Jair Bolsonaro vem defendendo o relaxamento das medidas de isolamento social adotada nos estados e a retomada da atividade econômica, com a reabertura do comércio e volta dos estudantes às escolas. As recomendações de especialistas, da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do próprio Mandetta são de que o isolamento é necessário para evitar a expansão da pandemia. Durante a entrevista coletiva, o ministro da Casa Civil respondeu a uma questão dirigida a Mandetta, na qual o jornalista perguntou ao ministro da Saúde se ele "teve ou está tendo atritos" com o presidente Jair Bolsonaro, se está sob ameaça de demissão ou se pensa em deixar o cargo. Antes de Mandetta responder, Braga Neto se antecipou, tomou a palavra e disse: "Deixar claro para vocês: não existe essa ideia de demissão do ministro Mandetta. Isso aí está fora de cogitação no momento, está certo? Não existe", declarou. Logo em seguida, Mandetta assumiu a palavra e disse que "tensões são normais" neste momento "pelo tamanho desta crise" provocada pela pandemia do novo coronavírus. O ministro da Saúde afirmou já ter dito "duas ou três vezes" que "enquanto estiver" no cargo, continuará trabalhando com "ciência, técnica e planejamento".

Notícias relevantes: