Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

No Aglomerado, 571,8 mil eleitores vão às urnas hoje

CARLOS SANTIAGO | 07/10/2018 | 06:00

Um total de 571.827 eleitores dos sete municípios que compõem o Aglomerado Urbano de Jundiaí (AUJ) estão aptos a votar hoje, nas zonas eleitorais espalhadas por Cabreúva, Campo Limpo Paulista, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira e Várzea Paulista. O maior colégio eleitoral na Região está em Jundiaí, com 308.201 eleitores, segundo os números do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) relativos ao mês de julho. Várzea Paulista é o segundo maior colégio eleitoral do AUJ, com 74.333 eleitores.

Em seguida estão as cidades de Campo Limpo Paulista (59.860), Itupeva (40.440), Cabreúva (33.381), Louveira (32.961) e Jarinu (com 22.651 eleitores). Estes quase 600 mil eleitores terão a tarefa de escolher representantes da Região tanto para a Câmara dos Deputados (onde o único representante regional é o tucano Miguel Haddad, de 61 anos) quanto na Assembleia Legislativa.

No parlamento estadual, os últimos representantes da Região foram, por ordem cronológica de mandatos, Júnior Aprillanti (PSB), que assumiu em 2017; Luiz Fernando Machado (PSDB), que assumiu uma cadeira em 2015 e saiu para se candidatar à Prefeitura de Jundiaí, sendo eleito em 2016; Alexandre Pereira (SD), eleito em 2014 e que perdeu a cadeira após uma recontagem de votos; e Pedro Bigardi (PDT), que se elegeu em 2010 e também saiu da Assembleia para concorrer à prefeitura, se elegendo chefe do Executivo em 2012.

Antes deles, Ary Fossen fora deputado pelo PSDB entre 1998 e 2004 e novamente em 2010. Desta feita, a Região tem 23 candidatos, sendo 11 a deputado federal e outros 12 que concorrem a uma das 94 cadeiras da Assembleia paulista. É uma disputa difícil, seja para representar a Região em nível estadual ou federal. Numa aritmética simples, o Brasil tem um deputado federal para cada grupo de 407.261 pessoas.

A corrida ao voto para o Congresso prevê, ainda, outra estatística: “nossos” 11 candidatos a deputado federal terão de brigar por uma das 70 cadeiras disponíveis no Congresso para o estado de São Paulo com outros 1.675 candidatos paulistas. Já para a Assembleia Legislativa há um total de 2.174 candidatos para as 95 cadeiras – uma média aritmética de 22,8 candidatos por vaga em todo o estado.

Envelhecimento do eleitorado
Um dos problemas a serem enfrentados pelos candidatos do AUJ passa, também, por um fenômeno que vem sendo registrado com mais intensidade nesta década – e que atende pela expressão “envelhecimento do eleitorado”. Entre os mais de 570 mil eleitores das sete cidades do AUJ, 106.208 (ou 18,5% do eleitorado) têm mais de 60 anos. Esse número regional está de acordo com as estatísticas do Tribunal Superior Eleitoral, que apontam um “envelhecimento gradual” do eleitorado brasileiro. Ainda segundo o TSE, os idosos representam 18,6% de todo o eleitorado no país – 27,3 milhões de eleitores.

Em termos percentuais, o eleitorado está mais envelhecido em Jundiaí – onde 20,9% dos eleitores têm mais de 60 anos, segundo as estatísticas divulgadas pelo TSE. Itupeva é o município do AUJ com o menor índice de eleitorado acima de 60 anos, com 14,2% do total. Os eleitores na faixa etária acima dos 60 anos têm os maiores níveis de abstenção. Em 2014, nas eleições presidenciais, 19,4% do eleitorado nacional não compareceram para votar. Em 2016, a capital paulista registrou o maior percentual, somadas as seis eleições anteriores, de abstenções. Esse número chegou aos 21,84% de votantes.

Agência Brasil

Agência Brasil


Link original: https://www.jj.com.br/politica/no-aglomerado-5718-mil-eleitores-vao-as-urnas-hoje/
Desenvolvido por CIJUN