Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Número de eleitores cresce 10,5% em Jundiaí em 4 anos

BÁRBARA NÓBREGA MANGIERI | 02/08/2018 | 05:15

O eleitorado jundiaiense aumentou 10,5% nos últimos quatro anos, saltando de 275.894 em 2014 para 308.201 em 2018. No Brasil, o aumento foi de 3,14%, segundo o divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta quarta-feira (1). Os dados foram divulgados durante lançamento do Centro de Divulgação das Eleições do TSE. Segundo o recorte feito pelo JJ, a maioria dos eleitores em Jundiaí é mulher, com 162.192 (52,6%). Em 2014, o número era menor, mas a proporção era a mesma. No Brasil todo, elas são 52,5%, ou 77.337.918 eleitoras. Em relação à biometria, Jundiaí já tinha quase todo seu eleitorado cadastrado em 2014 (99,3%). Em 2018, esse número aumentou 0,19%. No Brasil, o número aumentou 239,9% nos últimos quatro anos.

Facultativo
Os jovens de 16 e 17 anos, cujo voto é opcional, representam 0,46% do eleitorado jundiaiense. São apenas 1.430 adolescentes, um número 0,09% menor que em 2014. No Brasil, eles são 0,95% do eleitorado este ano, num total de 1.400.617 pessoas. Os dados apontam redução de 14,53% no número de eleitores jovens. Em 2014, foram registrados 1.638.751 eleitores nessa faixa etária.  Em compensação à queda entre os jovens, o número de eleitores com mais de 70 anos, que também podem optar por não votar, aumentou 25,5% em Jundiaí.

CONFIRA TAMBÉM MAIS NOTÍCIAS DA POLÍTICA

CLIQUE AQUI E LEIA OUTRAS EDIÇÕES DA COLUNAS PELA ORDEM

A maior faixa de eleitores na cidade são aqueles entre 35 a 39 anos, que representam 11,41% do total. Já no Brasil, de acordo com o levantamento da Justiça Eleitoral, a faixa etária entre 45 e 59 anos concentra mais eleitores, com 35.742.439 brasileiros, o que corresponde a 24,26% do eleitorado. Em seguida, estão os eleitores de 25 a 34 anos, que reúnem 31.149.869 pessoas – 21,15% do total de eleitores.

Transexuais e travestis
Pela primeira vez, eleitores transexuais e travestis terão seu nome social impresso no título de eleitor e no caderno de votação das Eleições 2018. Em Jundiaí, apenas 17 eleitores optaram pelo nome social, mas ao todo, 6.280 pessoas fizeram essa escolha ao se registrar ou atualizar seus dados na Justiça Eleitoral.

No Brasil
Houve crescimento expressivo dos eleitores no exterior nos últimos quatro anos, passando de 354.184 para 500.727 eleitores, aumento de 41,37%. Há ainda 1.409.774 eleitores que não poderão votar nem se candidatar este ano, por estarem com os direitos políticos suspensos, segundo o tribunal. Para o presidente do tribunal, Luiz Fux, esse aumento é resultado de um esforço conjunto entre diversos órgãos da Justiça dentro e fora do Brasil.

Foto: divulgação

Foto: divulgação


Link original: https://www.jj.com.br/politica/numero-de-eleitores-cresce-105-em-jundiai-em-4-anos/
Desenvolvido por CIJUN