Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Para população, nova legislatura da Câmara Municipal está ‘fraca’

bárbara nóbrega mangieri | 12/04/2018 | 05:30

Após um ano e três meses de trabalho dos novos vereadores, a impressão da população de Jundiaí sobre a atual legislatura (2017-2020) é que ela está mais fraca em comparação às anteriores. A reportagem do JJ conversou com alguns munícipes no centro da cidade e na plateia da própria Câmara. Nas ruas, a maior parte da população que acompanhava as sessões ao vivo ou pela TV, desistiu. Tereza Floreste, a “Dona Terezinha”, como gosta de ser chamada, costumava acompanhar as sessões quando o vereador do seu bairro estava em atuação. “Ele não foi reeleito, mas conheço alguns desses que ficaram e não gosto. Eles só aparecem no ano de eleição para pedir votos e não mostram serviço nenhum”, reclama. O aposentado José André Venafre, de 83 anos, também não vai mais à Câmara. “Antigamente, a atuação dos vereadores tinha mais força, eles faziam mais diferença. Agora está bem fraco”, critica. O vereador em quem Seu José votou foi reeleito, mas mesmo ele vem desagradando o aposentado. “Não apresenta mais projetos relevantes”, diz.

Cidadãos conectados
Muitos munícipes afirmaram que não assistem às sessões, mas que acompanham os vereadores que escolheram pelas redes sociais. Uma delas é a gerente comercial Rita de Cássia, que acompanhou pelas redes a polêmica sobre o projeto que queria proibir fogos de artifício na cidade. “Fiquei feliz de saber que meu vereador foi a favor da medida, mas infelizmente os demais vereadores não cooperaram com a aprovação”, afirma. Ela se diz mais contente com a atuação do vereador que escolheu nas últimas eleições, em 2016. “Antes eu costumava votar em outro, do meu bairro, que ainda está lá, mas ele não fez nada. Não voto mais”, afirmou.

Outro lado
Nem todos estão descontentes, porém. Além de estar feliz com o vereador que elegeu, o advogado Anselmo Luiz, 57 anos, não se incomoda com a votação de projetos inconstitucionais. “Acho que a maioria apresenta esse tipo de proposta por falta de preparo, pois muitos foram eleitos pela primeira vez. Mas acho que o debate sobre o assunto vale a pena”, afirma.


Link original: https://www.jj.com.br/politica/para-populacao-nova-legislatura-esta-fraca/
Desenvolvido por CIJUN