Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Pela ordem

ANGELO AUGUSTO | 30/08/2019 | 05:00

Lei orçamentária anual para 2020

Nesta sexta-feira (30), às 9h, a Unidade de Gestão de Governo e Finanças (UGGF) promove uma audiência pública para apresentação do projeto preliminar da Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício no ano de 2020, que deve ser entregue à Câmara Municipal em setembro. A audiência, que será comandada pelo gestor José Antonio Parimoschi, aconterá no Paço Municipal e estará aberta à participação do público.

Conselho de Política Territorial

O Conselho Municipal de Política Territorial (CMPT) está com as inscrições abertas para novos integrantes. O registro deve ser feito eletronicamente, a partir do site da Prefeitura de Jundiaí, na aba Unidade de Gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (UGPUMA). Os munícipes devem se inscrever de acordo com sua localidade.

Desvios de recursos do BNDES

Uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) concluiu que houve desvio de metade dos recursos aplicados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em obras de rodovias no exterior.Segundo o ministro Augusto Sherman, entre 2005 e 2014, o BNDES destinou a construtoras brasileiras US$ 2,115 bilhões para essas obras, e US$ 1,07 bilhão foram desviados. O BNDES afirou agir conforma as normas.

Brigitte agradece brasileiros

A primeira-dama francesa, Brigitte Macron, agradeceu aos brasileiros, na última quinta-feira (29), em português, pelo apoio após o comentário ofensivo do presidente Jair Bolsonaro em sua conta no Facebook. “Apenas queria dizer (…), já que vejo que há câmeras, duas palavras para os brasileiros e as brasileiras, em português (…): muito obrigada! Muito, muito obrigada a todos que me apoiaram”, declarou.

Proibição de queimadas

O governo federal finalmente decidiu proibir oficialmente as queimadas em todo o país durante o período da seca. Um decreto sobre a proibição foi publicado na edição da última quinta-feira (29) do Diário Oficial da União. O decreto suspende a permissão do emprego do fogo por 60 dias, com o objetivo de proteção ao meio ambiente. No caso dos indígenas, a prática é permitida na agricultura de subsistência.

Fachin nega pedido para liberar lula

O ministro do STF Edson Fachin negou pedido de liminar para soltar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e anular seus processos da Lava Jato com base na alegação de suspeição dos procuradores. Com a negativa, a defesa do petista pode recorrer à Segunda Turma. A decisão é desta quinta (29). O pedido de habeas corpus foi formulado no início deste mês e menciona as mensagens divulgadas pelo site The Intercept Brasil.

José Antônio Parimoschi


Leia mais sobre
ANGELO AUGUSTO
Link original: https://www.jj.com.br/politica/pela-ordem-2/
Desenvolvido por CIJUN