Política

Pela Ordem


Fiscalização de ambulantes O prefeito Luiz Fernando Machado (PSDB) irá enviar à Câmara de Jundiaí um projeto de lei que prevê que a Guarda Municipal ficará responsável por fiscalizar o comércio ambulante, com licença para apreensão das mercadorias. O projeto vem sendo discutido desde 2017, junto com o vereador Antônio Carlos Albino (PSB). Albino deseja inclusive dar à GM autonomia para poder multar veículos irregulares. Dia do patrimônio histórico Na sessão ordinária da Câmara de Jundiaí da próxima terça-feira (27) será votado o projeto de lei do presidente da casa, Faouaz Taha (PSDB), que inclui o mês do Patrimônio Histórico (agosto) no Calendário Oficial de Eventos da prefeitura. O texto cria ainda o Dia Municipal do Patrimônio Histórico, que será comemorado no dia 17 de agosto. Panelaço após a fala de Bolsonaro Enquanto o presidente Jair Bolsonaro (PSL) fazia seu discurso ontem (23) à noite em rede nacional, moradores das principais capitais brasileiras relembraram os “panelaços” e saíram às janelas para protestar contra o governo federal. Em São Paulo, milhares de manifestantes foram até a avenida Paulista para protestar contra os incêndios na Amazônia. O mesmo ocorreu em outras capitais, como o Rio de Janeiro. Dória sanciona lei da cesária O governador João Doria (PSDB) sancionou nesta sexta-feira (23) projeto de lei que garante à mulher a opção pela cesárea no SUS, mesmo sem indicação clínica, a partir da 39ª semana de gestação. A decisão ocorreu a despeito de parecer técnico contrário da Defensoria Pública do Estado. A redação final do projeto, de autoria da deputada Janaína Paschoal (PSL), passou a tratar apenas para mulher em trabalho de parto. Forças armadas irão atuar na amazônia O presidente Jair Bolsonaro (PSL) assinou na tarde desta sexta-feira (24) um decreto de GLO (Garantia da Lei e da Ordem) que autoriza o emprego das Forças Armadas na Amazônia, que enfrenta uma série de queimadas. De acordo com o documento, que será publicado em edição extra do Diário Oficial da União, militares poderão atuar em "áreas de fronteira, terras indígenas, unidades de conservação ambiental e em outras áreas da Amazônia Legal". Trump oferece ajuda a Bolsonaro O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta sexta-feira (23) que ofereceu ajuda ao presidente Jair Bolsonaro para combater queimadas na Amazônia. Pelas redes sociais, o norte-americano também disse que conversou sobre comércio com o Brasil."Acabei de falar com o presidente Jair Bolsonaro, do Brasil. Nossas expectativas de comércio são muito empolgantes e nosso relacionamento está forte”, escreveu.

Notícias relevantes: