Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

PF faz buscas em endereços de Kassab, investigado após delação da JBS

Folhapress | 19/12/2018 | 11:11

A Polícia Federal cumpre, na manhã desta quarta-feira (19), oito mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao ministro Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia e Comunicações) e outros investigados por um suposto esquema de recebimento de recursos ilícitos de 2010 a 2016.

A medida foi determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), e é decorrente da delação da JBS. Um dos donos do frigorífico, Wesley Batista, afirmou que pagou propina de R$ 350 mil por mês a uma empresa ligada a Kassab, a Yape Consultoria e Debates, envolvendo contratos superfaturados de aluguel de caminhões. O valor total atingiria cerca de R$ 30 milhões, segundo o delator.

Kassab, do PSD, será o chefe da Casa Civil do governo João Doria (PSDB) a partir de janeiro.

De acordo com Wesley, seu grupo herdou esse contrato ao comprar o frigorífico Bertin, em 2009, e decidiu manter os pagamentos por considerar que Kassab poderia, em algum momento, exercer influência para favorecer sua empresa.

No apartamento de Kassab, os policiais apreenderam R$ 300 mil em dinheiro vivo. Kassab nega irregularidades.

 

 

 

 

(Brasília - DF, 22/08/2018) Palavras do Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab. Foto: Alan Santos/PR

(Brasília – DF, 22/08/2018) Palavras do Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab.
Foto: Alan Santos/PR


Link original: https://www.jj.com.br/politica/pf-faz-buscas-em-enderecos-de-kassab-investigado-apos-delacao-da-jbs/
Desenvolvido por CIJUN