Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Políticos da Região se dividem sobre apoio a João Doria em São Paulo

BÁRBARA NÓBREGA MANGIERI - bmangieri@jj.com.br | 20/03/2018 | 04:41

João Doria Júnior, atual prefeito de São Paulo, foi escolhido pelos tucanos como o candidato do PSDB ao governo do estado. A decisão foi tomada após as prévias do partido, realizadas neste domingo (18). Em Jundiaí, 146 tucanos votaram. Destes, 112 apoiaram João Doria – 76% dos filiados jundiaienses. O deputado federal Miguel Haddad, o prefeito de Jundiaí Luiz Fernando Machado, o presidente da Câmara Municipal Gustavo Martinelli e o vereador Rafael Antonucci apoiaram o atual prefeito paulistano. Doria levou 80% dos votos em todo o estado e, caso os números se confirmem, Bruno Covas, neto do ex-governador Mário Covas, assumirá a Prefeitura da Capital.

Negociações
Luiz Fernando afirmou que a confirmação do pré-candidato abriu as conversas sobre melhorias para o Aglomerado Urbano de Jundiaí (AUJ). “A partir de agora, o diálogo estará centrado para uma agenda política pautada nas demandas ligadas ao desenvolvimento da Região”, disse o prefeito de Jundiaí. Ele acredita que o pré-candidato a governador, se eleito, poderá ajudar a Região em várias questões, mas principalmente na saúde. “No ano passado, foi aprovada a Câmara Especial da Saúde, uma pauta que será levada para conhecimento de Doria”, declarou Luiz Fernando. Haddad também pretende negociar melhorias. “Estou certo que, caso vença, Doria dará continuidade à administração de Geraldo Alckmin, que tantos benefícios trouxe para a nossa Região”, disse.

Abandono de mandato
Nem todos os políticos do AUJ, entretanto, estão felizes com a pré-candidatura do prefeito paulistano. Japim de Andrade (PSB), chefe do Executivo em Campo Limpo Paulista, não vê com bons olhos a decisão tucana. “Um prefeito deve exercer seu mandato até o final e abrir portas para um novo cargo público quando terminar de cumprir a função dada a ele pela população”, afirmou. Luiz Fernando rebateu as críticas: “Se a maioria estiver satisfeita com a gestão de Doria na prefeitura, haverá uma percepção de que a saída dele pode trazer um ganho para o estado”. Japim declarou apoio ao pré-candidato de seu partido, o vice-governador Márcio França. “Ele tem perfil para liderar o Estado de São Paulo e realizar investimentos significativos em setores essenciais, como segurança e infraestrutura”. Quem também apoia a candidatura de França é o deputado estadual Junior Aprillanti, outro colega de partido do atual vice. Aprillanti afirmou que já está conversando com o pré-candidato do PSB sobre melhorias para a Região, caso ele seja eleito. “Tenho apresentado questões de saúde, educação, segurança e mobilidade ao Governo do estado e apelado pela realização de investimentos em todo o AUJ”, declarou. Procurados pela reportagem, os prefeitos de Louveira, Várzea, Cabreúva, Itupeva e Jarinu não responderam até o fechamento desta edição.


Link original: https://www.jj.com.br/politica/politicos-da-regiao-se-dividem-sobre-apoio-a-joao-doria-em-sao-paulo/
Desenvolvido por CIJUN