Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Prefeitura busca recursos para investir em segurança

SOLANGE POLI | 20/06/2019 | 05:01

A Prefeitura de Jundiaí busca recursos junto ao BNDES, com um projeto apresentado pela Unidade de Gestão de Segurança Municipal e já selecionado, na ordem de R$ 29 milhões, para investimentos que preveem diversas prioridades, entre elas o reaparelhamento e instalações físicas que contemplem uma nova sede para a Guarda Municipal. O gestor de Segurança Municipal e Proteção ao Cidadão, Paulo Sérgio de Lemos Giacomelli Stel, o Jacó, afirma que, além de Jundiaí, apenas outras sete cidades do país foram selecionadas para o programa de financiamento na área de segurança municipal.
“Aguardamos a aprovação em meados de julho para que na sequência o projeto entre em execução, lembrando que todas as linhas de financiamento precisam da aprovação na Câmara Municipal. Com a lei federal do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP) foi possível buscarmos junto ao BNDES uma linha de financiamento adequada e apresentamos nosso projeto, avaliado por representantes do banco, que visitaram nossa sede”, lembrou o gestor.
Os novos investimentos, ainda segundo Jacó, deverão complementar o orçamento anual da pasta, que em 2019 é estimado em R$ 10 milhões, excluindo-se as despesas com pessoal. Além disso, a recente linha de financiamento Finisa, da Caixa, foi aprovada com recursos de R$ 2.800.000,00, para investimentos na 1ª Inspetoria da Guarda, como um batalhão, junto com um novo canil no Vetor Oeste, e também a renovação de uma parte da frota, que é de 2010, com 15 novas viaturas de vários modelos, cuja previsão de entrega é outubro deste ano.

PRIORIDADES
Diógenes Torqueto Salas Júnior, diretor do Núcleo de Inteligência em Assuntos de Segurança Municipal, esclarece que a nova linha de crédito deverá contemplar todas as temáticas necessárias para a eficiência e modernização. O projeto, segundo ele, é dividido em seis eixos temáticos.
O primeiro item é o reaparelhamento, incluindo armamento para os guardas, coletes e veículos. Na sequência são previstos cursos de qualificação para os profissionais, diagnóstico da violência do município e atualização do plano municipal de segurança, com assessoria técnica para gerir o projeto, implantar as ações e promover um estudo para a reestruturação administrativa e operacional da Guarda.
Ainda são previstas no projeto instalações físicas que contemplem uma nova sede, com destinação de uma área adequada para a construção da Guarda, juntamente com o Samu, Defesa Civil e Cicom (Centro Integrado de Comunicação e Monitoramento). Isso permitirá, segundo o diretor, agilizar os atendimentos de urgência e emergência, reduzindo o tempo de resposta de serviços como o SAMU e SAEC.
Outra prioridade apontada são os investimentos em tecnologia, para expansão do videomonitoramento em mais oito regiões da cidade, que ainda estão descobertas, além de softwares e tecnologias que permitam melhorar a eficiência do atual sistema.

Projeto já selecionado prevê entre os investimentos a expansão do videomonitoramento e uma nova sede


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/politica/prefeitura-busca-recursos-para-investir-em-seguranca/
Desenvolvido por CIJUN