Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Prefeitura não repassará dinheiro economizado pela Câmara ao Grendacc; Veja outros destaques

Da Reportagem Local . redacao@jj.com.br | 27/12/2017 | 10:43

[vc_row][vc_column][vc_column_text]Dinheiro da Câmara

Parte dos R$ 11 milhões devolvidos pela Câmara de Jundiaí à prefeitura, que poderia ser repassada ao Grendaac, segundo io presidente do Legislativo, Gustavo Martinelli (PSDB), não vai mais ser destinado ao hospital que atende crianças com câncer na cidade. A assessoria do Executivo disse que qualquer dinheiro não usado, devolvido aos cofres públicos, não tem uma destinação específica. A quantia ajudou a prefeitura a pagar o 13º salário dos servidores e outras dívidas.

Vice no governo

Até o dia 1º de janeiro, a Prefeitura de Jundiaí está sendo administrada pelo vice-prefeito, Antonio de Pádua Pacheco, mais conhecido por Dr. Pacheco. O chefe do Executuivo, Luiz Fernando Machado (PSDB), não terá agenda de compromissos oficiais e tem seu retorno às atividades previsto para o dia 2. Nesse período, o vice e os gestores municipais estão atendendo às demandas da rotina administrativa do município.

Contas do governo

As contas do governo federal tiveram em novembro um superávit de R$ 1,3 bilhão, de acordo com dados divulgados ontem pelo Tesouro Nacional. O resultado é o melhor para novembro desde 2013, quando houve número positivo de R$ 28,9 bilhões. Foi o segundo mês consecutivo que o resultado ficou no azul. Em outubro, o superávit somou R$ 5,1 bilhões.

Por outro lado…

No resultado acumulado de janeiro a novembro de 2017, contudo, as despesas do governo federal ainda superam as receitas em R$ 101,9 bilhões. Esse é o pior resultado da série histórica do Tesouro Nacional, que começou em 1997. Nos onze primeiros meses do ano passado, o déficit acumulado era de R$ 98,8 bilhões.

Abono 2015

Trabalhadores com direito ao abono salarial ano-base 2015 têm até amanhã (28) para sacar o benefício. O prazo não será prorrogado, informou o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Ainda de acordo com a pasta, até o fim de novembro 1,4 milhão de brasileiros com direito ao benefício ainda não tinha sacado o dinheiro. Os pagamentos a serem feitos variam de R$ 79 a R$ 937.

Para ter direito

Para ter direito ao abono salarial ano-base 2015 é preciso ter trabalhado formalmente naquele ano e atender a requisitos como estar vinculado formalmente a uma empresa ou a um órgão público por pelo menos 30 dias. É possível fazer uma consulta ao site do Ministério do Trabalho (www.trabalho.gov.br) com o número do PIS ou do CPF e a data de nascimento para saber se você tem direito ao benefício.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]


Leia mais sobre | | | |
Link original: https://www.jj.com.br/politica/prefeitura-nao-repassara-dinheiro-economizado-pela-camara-ao-grendacc-veja-outros-destaques/
Desenvolvido por CIJUN