Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Procurador Augusto Aras; Confira outros destaques no Pela Ordem

ANGELO AUGUSTO | 20/09/2019 | 08:15

Prestação de contas do executivo: Em cumprimento à Lei de Responsabilidade Fiscal, o Poder Executivo de Jundiaí realizará duas audiências públicas de prestação de contas, referentes ao segundo quadrimestre de 2019. Dia 27 de setembro, a Unidade de Promoção da Saúde irá apresentar sua prestação de contas e dia 30 de setembro será a vez da Unidade de Gestão de Governo e Finanças. Ambas acontecem no plenário da Câmara de Jundiaí às 9h.

Gastos do prefeito de Itupeva: Em meio a uma crise política na saúde município, onde faltam medicamentos nos hospitais, o prefeito de Itupeva Marcão Marchi (PSD) vem sofrendo duras críticas da população. O motivo mais recente é o fato de que ele gastou mais de R$ 80 mil com a Festa Nordestina da cidade, inclusive com anúncios pagos em emissoras de TV.

Defesa dos direitos dos animais: Na próxima segunda-feira (23), a partir das 19h, a Câmara de Jundiaí realizará uma audiência pública para discutir o projeto de lei do vereador Cristiano Lopes, que altera o Código Tributário para isentar da Taxa de Fiscalização da Licença para o Exercício da Atividade de Comércio Ambulante ou Eventual as entidades sem fins lucrativos que atuam na defesa dos animais. O público também poderá fazer uso da palavra.

Procurador Augusto Aras: O subprocurador Augusto Aras, indicado ao cargo de procurador-geral da República pelo presidente Jair Bolsonaro, afirmou a políticos que poderá rever portarias e pareceres assinados nas últimas semanas por sua antecessora, Raquel Dodge.Segundo parlamentares ouvidos pelo blog, Aras não especificou quais posições de Dodge poderão ser revistas caso seu nome seja aprovado pelo Senado para a PGR.

Comando da Polícia Federal: O ministro da Justiça, Sergio Moro, conseguiu reverter a ideia do presidente Jair Bolsonaro sobre a permanência de Maurício Valeixo no comando da Polícia Federal (PF). Moro e Bolsonaro estiveram juntos nesta semana, logo após o retorno do presidente a Brasília. Os dois já haviam se encontrado em São Paulo, quando o ministro visitou o presidente. Valeixo ficou ameaçado no cargo após declarações do presidente.

Luciano Hang desiste de recorrer ao TSE: O empresário Luciano Hang, dono da rede varejista Havan, desistiu da recorrer da condenação de R$ 2.000 do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) por propaganda eleitoral irregular em favor de Jair Bolsonaro para evitar gastos. “Por economia processual –porque sairia mais caro ir a Brasília– desistimos do recurso em plenário e resolvemos pagar os 2 mil”, afirma a assessoria de imprensa do empresário em nota nesta quinta-feira (19).


Leia mais sobre
Link original: https://www.jj.com.br/politica/procurador-augusto-aras-confira-outros-destaques-no-pela-ordem/
Desenvolvido por CIJUN