Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Projeto contra a discriminação racial e mais no Pela Ordem

Da Redação | 20/11/2019 | 07:00

A um dia da comemoração do Dia da Consciência Negra, a Câmara de Jundiaí aprovou o projeto de lei do vereador Paulo Sérgio Martins (Cid) que institui e inclui no calendário municipal o “Dia de Combate à Discriminação Racial”, a ser celebrado no dia 21 de março. A ativista Mariana Janeiro fez o uso da Tribuna Livre para exaltar a data, afirmando que o dia de hoje “não é de caridade com os negros, mas de conscientização social”.

Marcos Roberto assume por 30 dias

O suplente Marcos Roberto Lavado, conhecido como Marcos Bomba, substituirá o vereador Marcelo Gastaldo (PTB) na Câmara Municipal de Jundiaí entre os dias 15 de novembro e 14 de dezembro, período em que o titular estará em licença para tratar de assuntos particulares. Marcos Bomba candidatou-se pela primeira vez em 2012.

Prestação de contas no Medeiros

Seis gestores municipais prestaram contas no bairro do Medeiros na noite de segunda-feira (18) e receberam dos moradores do bairro e de localidades próximas várias demandas, ligadas à saúde, educação, serviços públicos e planejamento urbano, além de outras áreas. Foram tratadas questões como vagas nas creches, manutenção das ruas e calçadas e terrenos abandonados, usados para depósito de resíduos.

Mais arborização nos canteiros

Também foi aprovada na noite de ontem, por unanimidade dos vereadores, o projeto proposto por Gustavo Checchinato (Cid) que regula a arborização e ajardinamento dos logradouros públicos urbanos, para prever ampliação da área arborizada nos canteiros e ruas do município de Jundiaí. O novo artigo da lei determina maior arborização para melhor controle de temperatura e melhoria na qualidade do ar.

Maia aceita se encontrar com o Lula

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), aceitou a proposta do deputado José Guimarães (PT-CE) de receber para um encontro o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Autor da proposta do encontro com Lula, José Guimarães não esconde que gostaria de ver Rodrigo Maia como vice numa chapa encabeçada pelo petista. Contudo, o presidente da Câmara diz que ainda não irá discutir sobre essa possibilidade.


Link original: https://www.jj.com.br/politica/projeto-contra-a-discriminacao-racial-e-mais-no-pela-ordem/
Desenvolvido por CIJUN