Política

Projeto de vereadora endurece regras para agências bancárias


2014-09-26_06-16-27_1
Crédito: Reprodução/Internet

Na próxima sessão da Câmara Municipal de Jundiaí, no dia 30, será votado projeto da vereadora Marilena Perdiz Negro que altera lei que trata do atendimento das agências bancárias. Ela quer que os clientes recebam senha com horário de chegada para comprovação do tempo de espera.

Segundo a justificativa do projeto, a maioria das agências não informa que implantaram o sistema de senhas ou não divulgam a existência dele. A proposta dá prazo de 60 dias para que as agências se adaptem. No caso de descumprimento, a multa pode variar entre 200 a 3 milhões de Ufirs. Cada Ufir vale R$ 2,54.

Em Jundiaí, os bancos devem realizar o atendimento em até 10 minutos, com cinco de tolerância, em dias normais. Já em vésperas ou após feriados prolongados, o atendimento deve acontecer em até 30 minutos.

O veto do prefeito Pedro Bigardi ao projeto do vereador Dirlei Gonçalves, também será votado na próxima sessão. A proposta prevê fornecimento de kit de saúde bucal aos alunos das escolas da rede municipal de ensino.

O vereador Valdeci Vilar Matheus quer a criação do Dia da Reforma Protestante, a ser comemorada no dia 31 de outubro. Já o vereador José Carlos Ferreira Dias quer a instituição do Programa Municipal de Incentivo ao Tratamento e Reciclagem de Óleos e Gorduras de Uso Culinário.

Também serão votados dois projetos de denominação e uma moção. A sessão começará às 18 horas e será aberta à população.


Notícias relevantes: