Política

R$ 2 bilhões para Santas Casas e mais no Pela Ordem

R$ 2 bilhões para Santas Casas A Câmara dos Deputados aprovou ontem (9) um projeto que prevê auxílio financeiro de até R$ 2 bilhões da União para santas casas e hospitais filantrópicos. O objetivo é ajudar a conter o avanço do covid-19. O apoio às entidades de saúde já foi aprovado pelo Senado. Agora, o texto segue para sanção do presidente Bolsonaro. Os recursos poderão ser usados para comprar medicamentos, produtos hospitalares e para fazer pequenas obras. Várzea Paulista corta R$4,4 mi do seu orçamento A Prefeitura de Várzea Paulista informou que cortou mais de R$ 4 milhões que serão direcionados a cobrir os gastos com a pandemia, obviamente, não previstos no planejamento orçamentário. A maior parte desse corte será na folha de pagamento, onde o município deverá economizar mais de R$3 milhões até o final do ano. Desinfecção em Itupeva Uma empresa de controle de odores se instalou em Itupeva e tem colaborado com as ações de enfrentamento ao novo coronavírus (covid-19). A indústria está iniciando suas operações no município, em um galpão no bairro Rio Abaixo. Além dessa novidade, a Dux Grupo doou ao município um equipamento nebulizador elétrico e volume de solução concentrada para a desinfecção de ambientes e pessoas. Bolsonaro diz ser dono do auxílio  A Secretaria de Comunicação do governo Jair Bolsonaro publicou nesta quinta-feira (9), em suas redes sociais, uma campanha destinada a explicar que o auxílio emergencial de R$ 600 é pago pela administração federal, e não por governadores e prefeitos. "O auxílio emergencial de R$ 600 por pessoa não é de prefeituras nem governos estaduais. O auxílio emergencial é fornecido pelo governo federal”, disse. Boris Johnson deixa a UTI O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, deixou na quinta (9) a terapia intensiva onde estava internado desde a noite de segunda (6), no hospital Saint Thomas, em Londres, por complicações da covid-19 (doença provocada pelo novo coronavírus). Segundo o comunicado do governo britânico, "ele está extremamente de bom humor". Boris permanece no hospital, onde receberá um monitoramento. Câmara suspende inscrições no SPC  A Câmara dos Deputados aprovou ontem (9) projeto que impede a inscrição de devedores nos cadastros de proteção de crédito, como SPC e Serasa, por três meses, durante a pandemia do novo coronavírus. A proposta segue para o Senado. O texto prevê que nenhum inadimplente seja incluído nas listas por 90 dias, contados a partir de 20 de março. As inscrições no cadastro já feitas desde o fim de março devem ser excluídas.

Notícias relevantes: