Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Reajuste de 4,72% para servidores públicos é aprovado

SOLANGE POLI | 15/05/2019 | 08:06

Foi aprovado em sessão extraordinária na Câmara Municipal de Jundiaí, ontem à noite, um reajuste de 4,72% aos servidores públicos municipais, conforme o índice INPC, no acumulado em 12 meses. O reajuste será dividido em duas etapas, a primeira agora em maio, de 2,67%, enquanto o restante deverá ser pago em novembro próximo. A aprovação foi por unanimidade, com 17 votos favoráveis e dois ausentes.

Márcio Cardona, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Jundiaí, o Sindserjun, lembra que o vale-alimentação passará de R$ 635,00 para R$ 665,00, para todos os servidores. Cardona ressalta que a prestação de contas do sindicato está registrada em cartório, com superávit que ultrapassou R$ 400 mil em 2018.

Ciente de que no dia 20 de maio uma assembleia extraordinária terá como principal item da pauta sua destituição do título de presidente do sindicato, Cardona comenta que está tranquilo quanto às suas atribuições. “Realizamos assembleia física em março, com chamada por edital, com a campanha salarial na pauta, com total legalidade. O servidor precisa sempre ajudar a construir a proposta”, lembrou.

Já o servidor público Marcos Marques de Novaes, há 25 anos no funcionalismo municipal, salienta seu descontentamento com as urnas itinerantes espalhadas em alguns pontos da prefeitura, no último dia 13. “Muitos servidores se mostraram contra essa ação. Queremos sempre a realização de assembleias como manda a regra, de acordo com o artigo 32, do Sindserjun, onde está claro que compete à assembleia geral autorizar ou não a celebração de acordos, convenções ou dissídios coletivos, pela diretoria executiva do sindicato”, cita o servidor, que utilizou a tribuna livre antes do início da sessão ordinária.

Marcos afirma ainda que a intenção não é discutir o índice, mas a forma do sindicato agir quanto à representação dos servidores. “Não sou contra a administração, muito pelo contrário. A questão é que o sindicato está rachado. Não houve discussão, pois decidiram em votação nos pontos estratégicos. Quero saber, por exemplo, se a parcela restante, em novembro, terá o valor retroativo, já que o reajuste é referente à reposição da inflação nos últimos 12 meses”, ressaltou o servidor municipal, lembrando ainda que a assembleia extraordinária no próximo dia 20 de maio deverá ser realizada na Associação dos Moradores da Vila Hortolândia.

T_camara1


Link original: https://www.jj.com.br/politica/reajuste-de-507-para-servidores-publicos-e-aprovado/
Desenvolvido por CIJUN