Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Redutos eleitorais vão de igrejas a atos populares no Aglomerado Urbano

| 28/06/2014 | 20:05

Antes das campanhas começarem definitivamente, dentro do Aglomerado Urbano de Jundiaí (AUJ), candidatos a deputado federal e estadual correm para fechar apoio com lideranças e, além disso, para marcar território sobre demandas, causas e instituições que, no futuro, rendam votos e a chance de conseguirem seus mandatos. De igrejas a movimentos populares, eles estão envolvidos e mapeiam estratégias com seus redutos eleitorais sem fugir muito da Região.

De maneira unânime, os candidatos acreditam que o AUJ o elegerão, mas não negam apoio que buscam – e com empenho – em cidades fora do eixo Jundiaí. Enivaldo Ramos de Freitas, o Val (PSC), por exemplo, pastor da Assembleia de Deus e candidato a deputado estadual, além de apostar na vizinhança, viaja, há meses, para cidades do estado todo e compõe sua base pelas executivas municipais do partido e igrejas não só evangélicas. “Na última eleição, só percorri igrejas. Hoje, tenho o apoio dos diretórios do partido também, mas minha base são as igrejas. O PSC é um partido cristão criado pela Igreja Católica, por isso, tenho apoio dela também e de todas as evangélicas”, conta.


Link original: https://www.jj.com.br/politica/redutos-eleitorais-vao-de-igrejas-a-atos-populares-no-aglomerado-urbano/
Desenvolvido por CIJUN