Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Retrospectiva: Bolsonaro é eleito, com polarização do país

DA REDAÇÃO | 31/12/2018 | 17:00

Em uma eleição acirrada no segundo turno, dividida entre o candidato petista Fernando Haddad, indicado pelo ex-presidente Lula, e o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, pela primeira vez, desde a redemocratização do país, um candidato da extrema-direita foi eleito. Jair Bolsonaro obteve 49.276.990 votos no 1º turno (46,03% dos votos válidos) e 57.797.847 votos no 2º turno (55,13% dos votos válidos). Fernando Haddad ficou com 45% dos votos válidos no segundo turno.

A campanha de Jair Bolsonaro foi dramática, com um atentado que o tirou do corpo a corpo até o final das eleições. Ele foi esfaqueado durante um comício em Juiz de Fora (MG), em 6 de setembro, por um eleitor petista e teve de se submeter a várias cirurgias, correndo risco de vida.

Bolsonaro inaugurou também uma nova forma de fazer campanha eleitoral, sem os gastos milionários com propaganda na televisão. Ele usou o Twitter, assim como seu mentor, Donald Trump, e abusou das mídias sociais para se comunicar com o eleitorado, sob orientação de seu filho, Flavio Bolsonaro. eleito senador pelo Rio de Janeiro, com votação maciça.

Jair Bolsonaro (PSL) é eleito com 55% dos votos válidos, em uma campanha que incluiu um atentado que o tirou das ruas e intenso uso de mídias sociais para dialogar com o eleitor

Jair Bolsonaro (PSL) é eleito com 55% dos votos válidos, em uma campanha que incluiu um atentado que o tirou das ruas e intenso uso de mídias sociais para dialogar com o eleitor

O ex-presidente Michel Temer terá de enfrentar a Justiça por acusação de corrupção. Da massa, que foi às ruas exigindo “Fora Temer”, após as eleições de Jair Bolsonaro surgiu uma campanha nas mídias para o “Fica Temer”. Sem grandes avanços, Temer trouxe estabilidade à transição

O ex-presidente Michel Temer terá de enfrentar a Justiça por acusação de corrupção. Da massa, que foi às ruas exigindo “Fora Temer”, após as eleições de Jair Bolsonaro surgiu uma campanha nas mídias para o “Fica Temer”. Sem grandes avanços, Temer trouxe estabilidade à transição

Atentado ocorreu em Juiz de Fora, Minas Gerais, por um ex-militante petista, com problemas mentais, que enterrou uma faca de corte no abdômen de Jair Bolsonaro, que se submeteu a diversas cirurgias para sua recuperação

Atentado ocorreu em Juiz de Fora, Minas Gerais, por um ex-militante petista, com problemas mentais, que enterrou uma faca de corte no abdômen de Jair Bolsonaro, que se submeteu a diversas cirurgias para sua recuperação

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi preso num sábado, dia 7 de abril, em sua residência em São Bernardo do Campo e cumpre pena na sede da Polícia Federal, em Curitiba. Ele foi acusado de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex, do Guarujá. Apesar de inúmeros pedidos de habeas corpus, a Justiça manteve o ex-presidente na prisão

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi preso num sábado, dia 7 de abril, em sua residência em São Bernardo do Campo e cumpre pena na sede da Polícia Federal, em Curitiba. Ele foi acusado de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex, do Guarujá. Apesar de inúmeros pedidos de habeas corpus, a Justiça manteve o ex-presidente na prisão

O prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado (PSDB), foi reeleito presidente do AUJ (Aglomerado Urbano de Jundiaí), com a prioridade de regular o atendimento de saúde entre as sete cidades e criar um sistema de vigilância eletrônico contra a ação de criminosos, em toda a Região

O prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado (PSDB), foi reeleito presidente do AUJ (Aglomerado Urbano de Jundiaí), com a prioridade de regular o atendimento de saúde entre as sete cidades e criar um sistema de vigilância eletrônico contra a ação de criminosos, em toda a Região

O empresário e ex-prefeito da capital paulista João Doria (PSDB) foi eleito governador de São Paulo no segundo turno. O resultado só foi confirmado com 98,49% das urnas apuradas às 19h34. O tucano obteve 51,75% dos votos válidos, contra 48,25% de Márcio França (PSB)

O empresário e ex-prefeito da capital paulista João Doria (PSDB) foi eleito governador de São Paulo no segundo turno. O resultado só foi confirmado com 98,49% das urnas apuradas às 19h34. O tucano obteve 51,75% dos votos válidos, contra 48,25% de Márcio França (PSB)

 

 

 


Link original: https://www.jj.com.br/politica/retrospectiva-bolsonaro-e-eleito-com-polarizacao-do-pais/
Desenvolvido por CIJUN