Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Senador da Itália faz articulações e foca produtores

| 30/04/2014 | 11:22

Em um dia repleto de compromissos, o senador do Parlamento Italiano, Fausto Longo, esteve, nesta segunda-feira (28), em Jundiaí e deu crédito aos empresários e produtores agrícolas locais. Para ele, a cidade tem grande potencial para expandir suas atividades e, principalmente, se estiver aliada às contribuições que o governo italiano traz aos seus descendentes.

Os benefícios se baseiam na troca de informações e cultura que Jundiaí pretende manter com produtores rurais e empreendedores italianos. A visita de Longo foi viabilizada pelo Circolo Italiano Di Jundiaí e o Sindicato do Comércio Varejista de Jundiaí e Região (Sincomércio). Brasileiro, nascido no interior de São Paulo, o senador é um dos representantes da América do Sul no Parlamento Italiano.

“A Itália é a única que permite a eleição de italianos de fora do País”, explica o senador eleito em fevereiro do ano passado. Por esse motivo, a visita de Longo também foi política – boa parte de seus votos veio do interior paulista e de Jundiaí. “Eu tinha que voltar. Jundiaí é uma das cidades onde a presença dos italianos é uma das mais significativas. Este é um mandato da comunidade italiana para ampliar as oportunidades entre uma cidade pujante e a Itália”, acredita.

Durante a visita, Longo conheceu as obras do Sesc Jundiaí a convite do Sincomércio. Ao seu lado, membros do Circolo e gestores municipais aproveitaram o momento para iniciar as articulações. O secretário de Turismo de Jundiaí, Marcos Brunholi, conta que a ideia é estreitar relações para oferecer aos produtores agrícolas de Jundiaí treinamentos que ampliem o alcance dos produtos locais.

“A Itália tem grandes produções agrícolas de famílias como Jundiaí. Nossa aproximação é trazer o conhecimento dessas famílias italianas para viabilizar em Jundiaí produções diversas, não só a uva e o vinho.” Brunholi, empresário do ramo, lembra que, na Itália, todas as etapas da produção da uva são feitas pelas famílias e o aproveitamento da origem é maior.

Da fruta, não é produzido só o vinho, como acontece, em maioria, em Jundiaí. Segundo ele, o senador se propôs a fazer contatos e trazer representantes das famílias italianas para trocar experiência com os produtores daqui. Mesmo com a vinda de Longo, as conversas são bem iniciais, mas, na opinião do diretor de Fomento ao Comércio e Serviços, Edison Maltoni, devem avançar bem e significar muito também para o varejo.

Após a visita ao Sesc, Longo esteve com empresários da cidade na sede do Sincomércio. “Já conversamos sobre uma série de trabalhos que podemos desenvolver com o governo italiano. Já selamos a mão. Queremos transferir tecnologia.” O presidente da Escola de Governo e Gestão de Jundiaí, Marcelo Lo Monaco, também presta apoio. “A escola será o lugar para o trabalhador daqui ou de lá se informar. Queremos aprimorar o contato.”

Itália em crise
Para ser eleito, Longo, que recebeu 30 mil votos da América do Sul, tem cidadania italiana. Seu mandato é de cinco anos sob o risco de haver alguma queda, já que o sistema parlamentarista está sujeito a mudanças. Diante de um momento de crise econômica na Itália, Longo informa que o Brasil é visto como a ´bola da vez´. Ele visita vários países da América. “Cada local tem uma demanda. Aqui, o otimismo é enorme de pensar o futuro e incluir nele, a comunidade italiana.”


Link original: https://www.jj.com.br/politica/senador-da-italia-faz-articulacoes-e-foca-produtores/
Desenvolvido por CIJUN