Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Skaf irá se reunir com Eduardo Bolsonaro; Confira outros destaques no Pela Ordem

DA REDAÇÃO | 10/08/2019 | 08:15

2020: PHS não existirá mais em Jundiaí: Por não atingir a cláusula de barreira, o Partido Humanista da Solidariedade (PHS) não receberá fundo partidário no ano de 2020. A solução será se unir ao Podemos. O vereador Rogério Silva lamentou o ocorrido e disse que pretende trocar de partido para as eleições do ano que vem. “Estou recebendo convites de diversos partidos, mas o mais provável é que eu me afilie ao DEM para concorrer a vereador.”

DEM passa por reestruturação: Após o afastamento do então presidente Jorge Yatim, o DEM Jundiaí busca novos candidatos para concorrer às eleições 2020. O vereador Rogério Silva, que irá se desligar do PHS, é o nome que está com as conversas mais adiantadas. Arnaldo da Farmácia (PDT) também está sendo especulado, mas não confirmou qualquer contato.

Gustavo Martinelli nega especulações: O nome do vereador Gustavo Martinelli (PSDB) tem sido especulado como um forte candidato à prefeitura no ano que vem. Alguns dizem que ele pode sair como vice-prefeito na tentativa de reeleição de Luiz Fernando Machado, mas também há rumores de que Gustavo tenha força suficiente para sair do PSDB e concorrer a prefeito por outro partido. Ele nega. “No momento estou focado em meu mandato de vereador.”

Reforma tributária à vista: O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse nesta quinta-feira (8) que, “se forçar”, é possível que a reforma tributária avance nos próximos três meses. “Se a gente forçar, se organizar a maioria, é possível que ao menos em uma casa a gente possa avançar nos próximos três meses”, disse. Maia citou também a possibilidade de reforma administrativa e a mudança na lei de recuperação judicial.

Skaf irá se reunir com Eduardo Bolsonaro: Paulo Skaf, presidente da Fiesp, receberá nesta segunda-feira (19), às 19h, Eduardo Bolsonaro, deputado federal pelo PSL e indicado para a embaixada brasileira em Washington, para um jantar na sede da Federação. Para Skaf, o encontro é muito positivo. “É importante ter a fotografia real das relações comerciais entre Brasil e EUA. Isso só é possível conhecendo e conversando com os principais atores.”

Gilmar Mendes critica Lava Jato: Crítico da Lava Jato, o ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), fez reparos à operação e exaltou a divulgação de mensagens trocadas por membros da força-tarefa, nas quais foi mencionado. “Em relação aos procuradores, vocês têm visto tudo aquilo que fala: perseguição, combinação. Obter vantagens, oferecer palestras, ganhar dinheiro, monetizar a Lava Jato. Imagine isto”, disse o ministro a jornalistas.

 


Leia mais sobre
Link original: https://www.jj.com.br/politica/skaf-ira-se-reunir-com-eduardo-bolsonaro-confira-outros-destaques-no-pela-ordem/
Desenvolvido por CIJUN