Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Vereador da Câmara Municipal de Jundiaí é acusado de abuso de poder

bárbara nóbrega mangieri | 07/06/2018 | 12:00

O vereador suplente do MDB, Josinaldo Francisco Lira, também conhecido como Irmão da Lojinha, acusa o vereador Valdeci Vilar (PTB) de abusar de sua posição política para fazê-lo furar a fila da saúde pública. Segundo Irmão da Lojinha, ele usou a Tribuna Livre no dia 17 de abril para reclamar de uma demora de mais de seis meses para a realização de um exame na rede pública de saúde. O vereador suplente conta que Valdeci teria pedido uma cópia de sua guia do exame e, duas semanas depois, teria recebido uma ligação do vereador pedindo que ele fosse à prefeitura buscar sua autorização para realizar o exame no dia 27 de abril. “Eu nem fui para não furar fila”, disse Irmão da Lojinha.

CLIQUE AQUI E CONFIRA OUTRAS NOTÍCIAS DE POLÍTICA

LEIA TAMBÉM OS BASTIDORES NA COLUNA PELA ORDEM

Ele e o presidente do MDB, Waldemar Foelkel, o Cabelo, abriram um processo disciplinar contra o vereador acusando-o de abuso de poder e tráfico de influência. O processo ainda pede a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). Na sessão ordinária desta terça (5), Irmão da Lojinha voltou à Tribuna Livre. Ao contrário do que foi publicado na edição de ontem, o vereador suplente não acusou o presidente da Câmara de Jundiaí, Gustavo Martinelli (PSDB), de estar envolvido. “Ele me cobrou porque sou presidente, mas isso está nas mãos da Comissão de Ética”, esclarece. Segundo o diretor Legislativo da Casa, Gabriel Milesi, o processo está tramitando e aguarda a defesa de todas as partes envolvidas até o prazo determinado. Valdeci afirma que já fez sua defesa e que irá comentar o caso quando tiver retorno da comissão.


Link original: https://www.jj.com.br/politica/vereador-da-camara-municipal-de-jundiai-e-acusado-de-abuso-de-poder/
Desenvolvido por CIJUN