Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Vereadores votaram projeto instituindo política de ‘atenção integral à saúde do homem’

CARLOS SANTIAGO | 10/10/2018 | 06:04

Um projeto de lei aprovado na sessão ordinária de ontem, na Câmara de Jundiaí, institui a Política Municipal de Atenção Integral à Saúde do Homem. De autoria do vereador Cristiano Lopes (PSD), os objetivos do PL são promover a melhoria das condições de saúde da população masculina contribuindo, através de diversas ações, para a redução da morbidade e da mortalidade dessa população.

“Queremos contribuir para a elaboração de planos, programas, projetos e ações de saúde que tanto possam ajudar na organização dos serviços públicos de saúde quanto integrar todas as demais políticas e ações da Plataforma de Saúde e Qualidade de Vida”, comentaram os autores do projeto, na justificativa apresentada aos demais parlamentares.

Outro item aprovado ontem foi o projeto de lei 12.641/18, do Dr. Ligabó (PPS), que exige, nos shoppings centers, supermercados e hipermercados da cidade, a instalação de placas informativas, junto às vagas de estacionamento reservada a idosos e pessoas com deficiência, informando a quem a vaga se destina, avisando que se trata de uma infração gravíssima, sujeita à multas e guincho.

Os vereadores aprovaram, ainda, o projeto de lei de autoria do Pastor Roberto Conde (PRB) e Leandro Palmarini (PV), que institui a campanha de incentivo à adoção de animais de rua, a ser realizada em outubro. Sem citar números locais, os autores, no entanto, lembraram que o Brasil tem mais de 30 milhões de animais abandonados, segundo estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Foi aprovada, ainda, moção de autoria de Faouaz Taha (PSDB), em que o vereador apela ao Governo do Estado para que sejam retomadas as obras na Escola Estadual Deolinda Copelli, na Vila Rui Barbosa. A reforma começou mas parou, porque a empresa vencedora da licitação foi à falência. Faouaz já conversou com representantes da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), sobre a necessidade de resolução jurídica rápida para o caso.

Dia do Nascituro
Ainda na sessão de ontem, os vereadores fizeram uma homenagem a 13 gestantes, em comemoração à Semana em Defesa da Vida e dos Valores Familiares e ao Dia do Nascituro. A Câmara ficou lotada. Vereadores e representantes de inúmeras comunidades religiosas foram à tribuna, defender o direito à vida.

Foram homenageadas, pela data, as gestantes Natália Sgarbosa Pinheiro, Thais Regiane Oliveira, Juliana Nunes Maziero, Sara dos Santos da Rosa, Fátima Aparecida Martini, Edivani Alves da Silva, Karina Momesso Dawoglio, Nancy Priscila dos Santos Conejero, Monica Baldo Bergamini, Gabriela Cristina Rodrigues Ferreira, Mayara Platinetty Pompermayer Steck e Maria Fernanda Spadoni Pereira Durigati.
Denominação

Os vereadores sempre ressaltam a importância e a necessidade dos projetos de lei que denominam ruas, conferindo identidade aos logradouros públicos. Nesse sentido, dois projetos foram apresentados e aprovados, na sessão de ontem à noite da Câmara, denominando a alameda Maria de Lourdes Guarda (no Loteamento Terras de Caxambu) e a avenida Jair Rodrigues (no Jardim Ermida).

Foto: Rui Carlos

Foto: Rui Carlos


Link original: https://www.jj.com.br/politica/vereadores-votaram-projeto-instituindo-politica-de-atencao-integral-a-saude-do-homem/
Desenvolvido por CIJUN