Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

AUJ registra 939 curados de covid-19

DA REDAÇÃO | 02/06/2020 | 19:55

Ainda que os óbitos e os casos positivos de coronavírus continuem se multiplicando, o número de pacientes recuperados dão um fôlego aos hospitais. Nas sete cidades do Aglomerado Urbano de Jundiaí (AUJ), dos 1.550 pacientes contaminados, 939 se recuperaram.

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado, em Jundiaí, 1.088 casos de covid-19 já foram confirmados. No entanto, 724 já estão curados, o que representa uma taxa de recuperação de 66,54% no município.

A cidade confirmou ainda três novas mortes na terça-feira (2) chegando a 75 óbitos. As vítimas são dois homens e uma mulher, todos com mais de 60 anos e com histórico de doenças crônicas.

Há ainda 133 casos suspeitos, sendo 65 se recuperando em isolamento domiciliar, 57 internados e 11 óbitos sob análise.

NA REGIÃO
Em Várzea Paulista há 149 casos confirmados da doença. Desses, 13 faleceram e 67 estão curados. Há outros 133 casos suspeitos e 136 descartados.

Campo Limpo Paulista apresentou estabilidade nas últimas 24 horas e segue com 80 casos positivos, sendo 13 óbitos e 21 curados. São ainda 41 pacientes sob suspeita e 43 casos negativos.

Em Louveira, 64 munícipes testaram positivo para covid-19, dois já faleceram, mas 41 já se recuperaram. Entre os suspeitos, são registrados 24 casos. Além disso, 102 já foram descartados.

Em Itupeva, por sua vez, 65 casos são contabilizados, sendo quatro óbitos e 50 curados. Outros oito casos estão aguardando o resultado dos exames e 162 testaram negativo.

Cabreúva está com 58 pacientes contaminados. Entre esses, três faleceram. Há ainda 19 suspeitos e 52 descartados.

Jarinu possui 46 casos confirmados da doença. São cinco óbitos e 36 curados. Além disso, o município registra 74 suspeitos e 66 casos negativos.

PAÍS
Até o momento no estado em São Paulo são 7.994 mortes e 118.295 pessoas infectadas pela doença.


Leia mais sobre | | |
Link original: https://www.jj.com.br/regiao/auj-registra-939-curados-de-covid-19/
Desenvolvido por CIJUN