Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Empresário tenta vender imigrantes bolivianos como escravos

| 08/05/2014 | 11:29

A escravidão parece uma passagem da história, algo muito longe da realidade. Mas ainda hoje, em pleno século 21, a escravidão ocorre mais perto do que se imagina. Na última segunda-feira (17), por exemplo, um empresário de Cabreúva, dono de uma oficina de costura, foi flagrado tentando vender dois imigrantes ilegais bolivianos para uma confecção no bairro do Brás, na região central de São Paulo.

O empresário, que não teve o nome revelado, admitiu ao Grupo Especial de Fiscalização, formado por representantes do Ministério do Trabalho e Emprego, Ministério Público do Trabalho, Defensoria Pública da União e Polícia Federal, que pagou a passagem dos homens da Bolívia ao Brasil e eles teriam que trabalhar para pagar esse valor, o que configura servidão por dívida.

A equipe de fiscalização que acompanhou a ação acredita que com a “venda” dos homens, o proprietário da oficina de Cabreúva estava tentando reaver o valor gasto com as passagens. O proprietário da confecção pode sofrer um processo criminal. Toda a documentação relativa ao caso foi encaminhada ao Ministério Público Federal e para a Polícia Federal para que as medidas cabíveis na esfera criminal sejam tomadas.

A oficina de Cabreúva produzia exclusivamente para a empresa Atmosfera Gestão e Higienização de Têxteis, de Jundiaí, que foi considerada responsável pela situação dos bolivianos. Procurada, a Atmosfera informou ao Jornal de Jundiaí Regional que foi surpreendida com o caso e afirmou que está apurando o ocorrido para, só então, tomar alguma medida e se pronunciar sobre o caso.


Link original: https://www.jj.com.br/regiao/empresario-tenta-vender-imigrantes-bolivianos-como-escravos/
Desenvolvido por CIJUN