Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Escola e creche são interditadas em Itatiba

| 27/03/2014 | 11:19

A escola municipal e a creche do Núcleo Residencial Abramo Delforno, em Itatiba, tiveram suas estruturas danificadas e as aulas foram suspensas esta semana. Desde segunda-feira, 464 crianças das duas instituições de ensino estão sem aulas e terão de ser transferidas para outras unidades.

A previsão da Prefeitura de Itatiba é de que as aulas retornem na próxima segunda-feira. Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, o cancelamento das aulas ocorreu como medida de segurança para as crianças e funcionários da creche e da escola – que funcionam em uma mesma área.

Os 400 alunos da escola serão remanejados para a unidade municipal Professora Isolina Pereira de Rosa, no Jardim Salessi. A prefeitura disse que há condições de receber todas as crianças ali e o principal desafio, agora, é conseguir o transporte para a outra escola, que fica a alguns minutos da antiga. Esse serviço será todo custeado pela prefeitura e sairá do Residencial Abramo Delforno.

No caso da creche, as 64 crianças ainda não têm um destino definido e a prefeitura continua estudando outra instituição para recebê-la. Até amanhã, toda a parte de mobília da escola e da creche interditadas serão removidas. Ao todo, 60 funcionários trabalham nos dois locais. É estudada também a reposição das aulas perdidas nesta semana. Isso poderá ocorrer em julho.

Rachaduras
Os dois ambientes apresentam rachaduras. Os prédios foram construídos há 15 anos e, segundo a prefeitura, o problema maior está na creche, que corre o risco de desabar. Na semana passada, funcionários ouviram barulho de rachaduras nas unidades. Desde o ano passado, técnicos da Secretaria de Obras acompanham a situação no local.

A inspeção que decidiu pela suspensão, que ocorreu no último sábado. O problema teria sido causado na caixa de inspeção que fica embaixo da creche, onde passam encanamentos e onde um córrego foi encanado. Os danos surgiram com uma falha na impermeabilização dessa caixa, o que fez com que a água vazasse, atingindo o solo.

Isso fez com que sua estrutura afundasse. Segundo avaliações da prefeitura, o prédio da creche oferece mais riscos. Já o espaço da escola continua em avaliação. Ainda será decidido se os espaços serão demolidos para a construção de novas instituições de ensino no local.


Link original: https://www.jj.com.br/regiao/escola-e-creche-sao-interditadas-em-itatiba/
Desenvolvido por CIJUN