Acervo

Prefeitos discutem Plano de Retomada do Aglomerado

T_reunião
Crédito: Reprodução/Internet
Os sete prefeitos do AUJ (Aglomerado Urbano de Jundiaí) reuniram-se ontem (21) virtualmente para discutir conjuntamente um plano para flexibilização da quarentena, chamado de Plano de Retomada do Aglomerado. A intenção é criar normas únicas para todas as cidades, independentemente de seu tamanho e características. A maioria das cidades do AUJ está mantendo bloqueios sanitários e de acesso. Após a quarentena na região, que deverá ser finalizada no dia 31 de maio, a ideia é que o setor econômico comece a operar gradualmente e de acordo com as regras sanitárias exigidas para evitar a disseminação do coronavírus. Leitos para covid-19 A ocupação dos leitos públicos por pacientes com coronavírus (covid-19) também foi motivo da reunião virtual entre os prefeitos do Aglomerado Urbano de Jundiaí (AUJ). O diálogo foi proposto pelo prefeito Luiz Fernando Machado (PSDB), que é o presidente da AUJ, e tratou da viabilidade de criação de um Comitê Hospitalar Regional. A proposta de um comitê específico para a gestão de leitos visa monitorar dos planos de contingência de Jundiaí e das demais cidades e antecipar, a partir de esforços conjuntos, ações com foco na gestão hospitalar à tendência de expansão acelerada do coronavírus no interior do Estado de São Paulo. “Nós ampliamos muito a nossa rede de atendimento em Jundiaí. Já havia a orientação da nossa área técnica de Saúde sobre a possibilidade de rápido crescimento do número de infectados”, explica Luiz Fernando. “Desde o início da pandemia, a ampliação da oferta de leitos do Hospital São Vicente é constante, sendo um reforço primordial para assistência aos pacientes de Jundiaí e região”, afirma. Participaram da videoconferência os prefeitos Marcão Marchi (Itupeva), Henrique Martim (Cabreúva), Eliane Lorencini (Jarinu), Japim Andrade (Campo Limpo Paulista), Juvenal Rossi (Várzea Paulista) e José Carlos Bellussi, secretário de Saúde que representou o prefeito Nicolau Finamore, da cidade de Louveira. Com base nos dados atualizados pelo sistema de monitoramento da Prefeitura, dos 148 pacientes internados no Hospital São Vicente, 85 residem em Jundiaí e outros 63 em cidades da região. Um novo diálogo será marcado para o início da próxima semana, quando a formalização do comitê e outros protocolos também estarão na pauta. O Hospital Regional, administrado pelo Estado, ainda não tem planejamento para atender pacientes com coronavírus em Jundiaí.

Notícias relevantes: