Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Um morto e dois feridos em núcleo de ciganos em Cabreúva

FÁBIO ESTEVAM | 18/09/2019 | 05:01

Uma mulher de 28 anos foi presa em flagrante depois de matar um homem e ferir outros dois com disparos de arma de fogo durante uma briga em um acampamento de ciganos em Cabreúva, na noite de anteontem (16).

Os moradores faziam uma festa no abrigo, que fica na Rua Kwati, no bairro Vilarejo, quando tudo aconteceu. Segundo informações de policiais militares que atenderam a ocorrência, alguns moradores ficaram alcoolizados e passaram a fazer disparos de arma de fogo para o alto, assustando outros moradores e até mesmo vizinhos ao acampamento.

A mulher acusada, então, passou a discutir com as pessoas que faziam os disparos, alegando que havia muitas crianças no local e que estas estavam assustadas.

Ela também temia que algo ruim acontecesse às crianças, como por exemplo, serem alvejadas com algum tiro.

Em determinado momento a discussão virou briga corporal entre a indiciada e os homens que efetuavam os disparos.

Ela então conseguiu tomar a arma das mãos de um dos homens, fazendo diversos disparos, acertando pelo menos três pessoas. Mesmo sendo socorrido à UPA (Unidade de Pronto Atendimento), uma das vítimas, Paulo Soares Nogueira, de 36 anos, não resistiu ao disparo que sofreu e morreu. Outras duas pessoas, uma mulher de 29 anos e o irmão, dela de 33, continuam, internados.

O delegado de polícia da cidade, Orli de Moraes, determinou a prisão em flagrante da acusada por homicídio e dupla tentativa de homicídio. Já o homem de 33 anos teve sua prisão determinada por ter sido ele o identificado como o autor dos disparos para o alto. Ele está sendo indiciado por uso e disparo de arma de fogo.


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/regiao/um-morto-e-dois-feridos-em-nucleo-de-ciganos-em-cabreuva/
Desenvolvido por CIJUN