Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Moradores do Jardim Adélia sofrem com falta de água

MARIANA CHECONI | 17/04/2020 | 14:30

Alguns moradores do Jardim Adélia têm sofrido bastante com a falta de água no local. Segundo eles, há mais de um ano, as residências da rua 01, travessa da avenida Luiz Pellizare, ficam sem água no período da tarde, pois o abastecimento é cortado pela manhã e só volta a noite. Na semana passada, a situação chegou a ficar pior, pois os moradores ficaram mais de três dias sem abastecimento.

“Desligam a água todo dia pela manhã e religam a noite, todo santo dia sem água. E a conta continua vindo alta. Estamos revoltados com essa situação. Este é um bairro onde a maioria dos moradores são idosos, temos muitas crianças também, e isso torna bem difícil a situação”, relata a moradora Juliana Andrade dos Santos Malaquias.

Juliana conta que o bairro é um ótimo local para se morar, porém parece que o local é esquecido. “Sofremos com a falta de água diária, pagamos impostos e não temos asfalto ou esgoto. É tudo fossa. Somos esquecidos. Outra questão difícil é que não temos CEP, então não conseguimos receber nada dos correios. Até mesmo pedir comida é complicado, pois não acham o endereço”, conta a moradora.

Em nota, a DAE Jundiaí informa que, na madrugada da última terça-feira, dia 14, houve uma manutenção emergencial em uma adutora de grande porte, essencial no abastecimento da cidade, o que acabou afetando o fornecimento de água em alguns bairros, incluindo o Jardim Adélia.

O trabalho foi realizado a noite em função de, neste período, todos os reservatórios estarem completos com água. Como o serviço durou além do esperado, em função da complexidade da manutenção, a operação do abastecimento ficou desequilibrada, especialmente nas regiões mais distantes do centro.

Segundo recomendações da Associação Brasileira de Normas Técnicas, toda construção deve manter uma reserva mínima de 250 litros de água por morador, por dia, para evitar transtornos no abastecimento durante interrupções no fornecimento.

Com relação à instabilidade nesta região, a DAE informa que o abastecimento será reforçado após a reforma do R13, reservatório localizado no Distrito Industrial, que já está em obras. Além disso, em caso de qualquer alteração no no abastecimento, os munícipes podem entrar em contato com a Central de Relacionamento, pelo telefone 0800 133 155. A ligação é gratuita e o atendimento 24 horas.

Ainda em nota, em relação à reclamação de que a rua 01 – Jardim Adélia não possui CEP, a Prefeitura de Jundiaí informa que a rua, também conhecida como Costa Azul, possui o CEP 13213-076, conforme site dos Correios.


Leia mais sobre | |
Link original: https://www.jj.com.br/reporter-cidadao/moradores-do-jardim-adelia-sofrem-com-falta-de-agua/
Desenvolvido por CIJUN