Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Cardiologistas alertam sobre medidas preventivas

| 10/06/2014 | 11:02

Um estudo feito na Suíça, durante a Copa do Mundo de 2002, constatou aumento de 63% na incidência de morte súbita cardiovascular durante o evento. Também na Copa da Alemanha, em 2006, o número de casos de emergências cardíacas cresceu mais de duas vezes, informou Cláudio Tinoco, diretor da Sociedade de Cardiologia do Estado do Rio de Janeiro (Socerj).

A entidade alerta sobre a necessidade de serem tomadas medidas preventivas em momentos de estresse e grande emoção coletiva, como a Copa do Mundo, por parte dos torcedores, principalmente aqueles que têm histórico de doença cardiovascular. O Mundial começa nesta quinta-feira (12).

O estudo feito com 17 pacientes, no Instituto de Cardiologia de Santa Catarina, em 2012, avalia o comportamento de um grupo de pessoas enquanto assistia a uma partida do time de futebol pelo qual torce, comparando com outro grupo que assistia a um filme de comédia. Cláudio Tinoco informou que o comportamento da pressão arterial e do batimento cardíaco foi bem claro.


Link original: https://www.jj.com.br/saude/cardiologistas-alertam-sobre-medidas-preventivas/
Desenvolvido por CIJUN