Acervo

Sobe para 51 número de vítimas identificadas em tragédia de Brumadinho


O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais atualizou há pouco em 51 o número de vítimas do rompimento da barragem da mina Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho, identificadas pelo Instituto Médico Legal (IML). O último balanço da corporação aponta 84 mortos e 276 desaparecidos, além de 391 pessoas localizadas. De acordo com a Defesa Civil do estado, os trabalhos na região da mina do Córrego do Feijão começaram hoje (30) por volta das 4h da manhã. A barragem B6, com água, segue monitorada 24 horas por dia, segundo o órgão, sem risco de rompimento. Um plano de contingência, entretanto, foi elaborado de forma preventiva. [caption id="attachment_48967" align="aligncenter" width="1140"]O Presidente da República, Jair Bolsonaro, durante sobrevoo da  região atingida pelo rompimento da barragem Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho/MG. O Presidente da República, Jair Bolsonaro, durante sobrevoo da região atingida pelo rompimento da barragem Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho/MG.[/caption]

Notícias relevantes: