Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Desventuras em Bariloche

| 01/06/2014 | 00:05

O inverno vem e a perspectiva de viajar e cair toneladas de neve na minha cabeça me coloca em transe divino. Bariloche, que tem as óbvias opções de esportes de neve, tem várias outras atividades. Shoppings para fazer compras, passeios a montanhas e lagos maravilhosos, culinária excelente e barata (comi o melhor cordeiro da minha vida!), e descontadas as bobagens de rixas futebolísticas, o povo argentino nos recebe muito bem.

Tá certo que hoje nós gastamos bastante, mas em minha humilde e otimista opinião, vale muito a pena. E foi há uns 10 anos que fiz minhas primeiras aulas de snowboard em Bariloche. Fiquei na dúvida se escolhia o esqui, mas me pareceu mais complicado dominar duas pranchinhas ao invés de uma. Ledo engano. Tenho total consciência de minhas limitações nesse esporte (snowboard).

Dei muitas cotoveladas, bundadas, joelhadas e cabeçadas no chão para poder hoje ficar em pé pelo menos na bendita pranchinha. No terceiro dia de aulas, me atirei nas pistas pretas. Na classificação, são as piores. Vou enfatizar que não foi coragem, era burrice pura na verdade. Perdi o controle da prancha e fui brecado por uma árvore. A toda velocidade, com um só braço.


Link original: https://www.jj.com.br/turismo/desventuras-em-bariloche/
Desenvolvido por CIJUN