Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Em Jerusalém, a fé vai além de qualquer barreira

| 01/06/2014 | 00:10

Algumas dificuldades encontradas em viagem a Jerusalém não abalam quem deseja visitar o local. Se de um lado há as dificuldades, de outro a fé sempre fala mais alto. E o que se encontra por ali é inesquecível. É o que explica a jornalista Rebeca Ribeiro Mansfield, 32 anos, jundiaiense e atualmente moradora de Londres, na Inglaterra.

Ela esteve em Jerusalém em 2009 e recorda detalhes de sua passagem por lá. “O que me fascinou foram os soldados armados em todos os cantos, as dificuldades em atravessar para os territórios palestinos, a guerra (nem um pouco silenciosa) entre judeus e muçulmanos no centro de Jerusalém.”

A viagem à Terra Santa, para ela (e talvez para boa parte dos visitantes), tem a ver com fé. “Jerusalém é território sagrado para três diferentes religiões – cristianismo, judaísmo e islamismo – e creio que apenas esse fator é suficiente para visitar a região.” Na opinião da jornalista, não é indicado ir à Terra Santa sozinho, pois são muitas restrições e regras, por causa das disputas pela região. Na ocasião, ela foi com um grupo de pessoas.


Link original: https://www.jj.com.br/turismo/em-jerusalem-a-fe-vai-alem-de-qualquer-barreira/
Desenvolvido por CIJUN